Complicações microvasculares do diabetes mellitus


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Complicações Microvasculares. - Referências Bibliográficas.  . Introdução. O diabetes é um grupo de doenças crônicas caracterizadas pela hiperglicemia plasmática. O cuidado médico atual dispõe de diversas intervenções farmacológicas e direcionadas ao estilo de vida, com o objetivo de prevenir e controlar esse distúrbio metabólico. Além de garantir o aporte adequado de glicose aos tecidos corporais, o tratamento do diabetes tenta reduzir a probabilidade de tais tecidos serem lesados pela hiperglicemia crônica.. A importância de se proteger o organismo da hiperglicemia não pode ser subestimada; os efeitos diretos e indiretos na vasculatura são as maiores fontes de morbimortalidade, tanto no diabetes mellitus tipo 1 (DM1) quanto no DM tipo 2 (DM2). De maneira geral, os efeitos deletérios da hiperglicemia são classificados em complicações macrovasculares (doença arterial coronariana - DAC -, doença arterial periférica - DAP -, e acidente vascular encefálico – AVE) e microvasculares (neuropatia, nefropatia e retinopatia). É importante para os profissionais que acompanham esses pacientes entendam as relações entre o diabetes e a doença vascular, já que a prevalência daquele continua ...

Palavras chave: diabetes, complicações, desenvolvimento, microvasculares, doença, complicações microvasculares, retinopatia, formação, sorbitol, perda pericitos, aldose redutase, pregabalina

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa