Prevenção, Diagnóstico e Tratamento na Hemorragia Pós-Parto


Equipe Editorial Bibliomed

© Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo:. - Introdução. - Prevenção. - Diagnóstico e Tratamento. - Conclusão. - Referências Bibliográficas. A hemorragia pós-parto, definida como a perda de mais de 500 mL de sangue após o parto, acomete até 18% das parturientes, sendo uma das principais causas de morbiletalidade materna neste período. Apesar dos fatores de risco serem relativamente bem conhecidos, nem todos os casos são evitáveis.. Introdução. Mesmo obedecendo-se todos os cuidados necessários, cerca de 3% dos partos normais resultaram em hemorragia pós-parto (HPP) severa.. As principais complicações da HPP incluem hipotensão ortostática, anemia e fadiga, que podem dificultar sobremaneira os cuidados maternos com o recém-nascido. A anemia aumenta o risco de depressão pós-parto. Se necessárias, as hemotransfusão carregam seus próprios riscos.. Nos casos mais severos, o choque hemorrágico pode resultar em isquemia hipofisária anterior e comprometimento da lactação. Isquemia miocárdica, coagulopatia dilucional e morte também podem ...

Palavras chave: , , hpp, parto, anemia, risco, hemorragia, hemorragia pós-parto, pós-parto, diagnóstico, , profilática, hpp incluem, incluem, aumenta, hemotransfusão, casos, de hpp, conduta, ativa reduz,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa