Epistaxe


Equipe Editorial Bibliomed

© Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo:. - Introdução. - Avaliação do Paciente. - Abordagem Terapêutica. - Conclusão. - Referências Bibliográficas. Calcula-se que 1 a cada 7 pessoas apresentará pelo menos um episódio de epistaxe ao longo de sua vida. Apesar de acometer praticamente todas as faixas etárias, o distúrbio possui dois picos de incidência distintos: entre os 2-10 anos e os 50-80 anos.. Introdução. Epistaxe é definida como a hemorragia aguda da cavidade nasal ou da nasofaringe. É uma queixa freqüente em setores de urgência e emergência e em geral provoca uma grande ansiedade no paciente e no médico assistente. Contudo, cerca de 90% dos pacientes respondem bem ao tratamento conservador.. . A epistaxe é classificada em anterior ou posterior, com base no sítio hemorrágico primário. A hemorragia anterior, proveniente do septo nasal, é mais comum. A hemorragia posterior se origina na cavidade nasal posterior ou nasofaringe.. . A mortalidade é rara e em geral decorre de complicações da hipovolemia ou de doenças subjacentes. O tamponamento nasal ...

Palavras chave: é, epistaxe, , , posterior, nasal, hemorragia, ser, anterior, hipertensão, mais, , à hipertensão, à, comum, tópicos, geral, risco, identificar causa, causa sangramento,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 13 de maio de 2011

Manejo da epistaxe

Artigo / Publicado em 30 de setembro de 2008

Tratamento do Resfriado Comum

Artigo / Publicado em 17 de setembro de 2019

Abordagem de pacientes com sangramento que estejam em uso de DOACS

Artigo / Publicado em 11 de maio de 2007

Barossinusite

Artigo / Publicado em 29 de agosto de 2008

Crises Hipertensivas

Notícia / Publicada em 3 de junho de 2019

Anticoagulantes para o tratamento de tromboembolismo venoso em pacientes com câncer

Notícia / Publicada em 19 de outubro de 2017

Correlações entre a ressonância magnética cerebral na hipotensão intracraniana

Notícia / Publicada em 9 de abril de 2013

Sangramento após intervenção coronária percutânea está relacionado com aumento da mortalidade hospitalar

Notícia / Publicada em 23 de maio de 2011

Boxe feminino: um esporte seguro?

Notícia / Publicada em 15 de maio de 2002

O tratamento da congestão nasal reduz crises de asma



Assinantes


Esqueceu a senha?