Marcadores Inflamatórios nas Síndromes Coronarianas Agudas - Parte II


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Marcadores de estresse oxidativo. - Fatores de angiogênese. - Metaloproteinases da matriz. - Marcadores de ativação plaquetária. - Conclusão. - Referências bibliográficas. Introdução. Neste artigo continuaremos a discussão sobre o estudo dos marcadores inflamatórios no contexto das síndromes coronarianas agudas (SCAs). Na primeira parte, comentamos sobre as citocinas, os reagentes de fase aguda e os marcadores de ativação endotelial. Agora, abordaremos os marcadores de estresse oxidativo, os fatores de angiogênese, as metaloproteinases e os marcadores de ativação plaquetária.. Marcadores de estresse oxidativo. Agentes provenientes do tecido vascular e das células inflamatórias são responsáveis pela oxidação das partículas de LDL, em um processo que se acredita ser de extrema importância na patogênese da aterosclerose e no fenômeno de desestabilização da placa. A captação das partículas de LDL oxidadas ...

Palavras chave: marcadores, é, ativação, níveis, mpo, doença, ldl, além, pacientes, estável, inflamatórios, ldl-ox, sca, células, das partículas ldl, síndromes coronarianas agudas, coronarianas agudas, leucocitária, marcadores ativação, oxidação partículas,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?