De que morrem os médicos?


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Medidas preventivas. - Karoshi (morte por excesso de trabalho). - Referências Bibliográficas.  . Introdução. "Os Médicos também morrem" diz um provérbio popular. É óbvio. E provavelmente morremos antes de muitos de nossos pacientes.. . As estatísticas demonstram que os médicos não vivem muito, ocupando o sexto lugar mundial em longevidade no mundo.. . Os médicos tem uma maior probabilidade do que a população em geral de virem a sofrer os efeitos do burn out e negligenciar o seu próprio bem-estar; a Medicina e sua formação estão profundamente enraizado com o cuidado das outras pessoas, muitas vezes em detrimento de si mesmo. Os efeitos variam de acordo com o estágio da carreira para os formandos de medicina e médicos.. . A história também demonstra isso. Frederick Bauting, o descobridor da insulina, morreu aos 49 anos de idade. Claude Bernard, pai da fisiologia moderna, morreu aos 65 anos. Albert Calmette, o descobridor da vacina da tuberculose, aos 59 anos.. . O medico é o profissional que mais se expõe ao estrese. A razão é óbvia: lida com o mais valioso que tem o homem: sua saúde e sua vida. O médico divide com seu paciente sua doença e seu sofrimento. Este estresse ...

Palavras chave: Burn-out, morte, morrer, médicos, doenças, fadiga, karoshi, escravo

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa