Isquemia mesentérica - Parte I


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Anatomia e fisiologia da vasculatura intestinal. - Fisiopatologia. - Causas. - Mecanismos de lesão . - Referências.  . Introdução. A isquemia mesentérica é causada pela redução do fluxo sanguíneo intestinal, que resulta de uma oclusão, vasoespasmo ou hipoperfusão da vasculatura mesentérica. Quando de ocorrência aguda, as consequências podem ser catastróficas, incluindo sepse, infarto intestinal e morte, de forma que o diagnóstico e o tratamento devem ser precoces. . A doença afeta mais comumente os idosos. Os sintomas vagos muitas vezes levam a diagnósticos tardios e consequente elevada mortalidade. Os achados de exame físicos e de laboratório não têm a sensibilidade e especificidade para excluir a isquemia mesentérica aguda, mas a angiotomografia pode rapidamente e com precisão confirmar o diagnóstico. A sobrevivência melhora com o pronto restabelecimento da perfusão e ressecção do intestino inviável. . A forma mais comum é a isquemia arterial aguda. Outras apresentações menos comuns da isquemia mesentérica são a angina mesentérica crônica e a trombose ...

Palavras chave: artéria, mesentérica, isquemia, intestinal, fluxo, cólica, sanguíneo, artéria cólica, hipoperfusão, obstrução, artéria mesentérica inferior

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa