Nevus Azul


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução - Exame do Paciente - Exames Complementares - Tratamento - Conclusão - Referências Bibliográficas. Introdução . Os nevus melanocíticos são as proliferações benignas mais comuns de células produtoras de melanina em caucasianos; até 30 lesões podem ser encontradas em um indivíduo adulto. As células lesionais são geralmente de localização superficial localizados na derme-epiderme. . Os nevus azuis são menos comuns. Eles representam proliferações benignas dos melanócitos fusiformes da derme na submucosa ou derme profunda. Essas células contêm abundantes grânulos de melanina. A cor azul é devida à localização profunda das células lesionais e do efeito de Tyndall (o fenômeno no qual a luz é refletida por partículas muito pequenas em seu caminho; cria um feixe de luz visível; a luz espalhada é principalmente de cor azul).. O Nevus Azul é mais comum em mulheres e em populações de ascendência asiática, com prevalência estimada em 3-5% da população adulta. O prognóstico é excelente, mas o risco de ser confundido com um melanoma torna esta lesão altamente relevante do ponto ...

Palavras chave: Nevus azul, melanofibroma, melanoma, melanócitos

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 1 de novembro de 2017

Melanoma

Artigo / Publicado em 16 de outubro de 2014

Melanose de Becker

Artigo / Publicado em 13 de outubro de 2015

Nevus Congênito

Artigo / Publicado em 31 de agosto de 2005

Nevus oral

Artigo / Publicado em 18 de janeiro de 2008

Síndromes Gastrintestinais com Manifestações Dermatológicas

Artigo / Publicado em 27 de agosto de 2007

Acantose Nigricans

Notícia / Publicada em 23 de fevereiro de 2015

Danos à pele pela luz solar persistem por horas até no escuro, diz estudo

Notícia / Publicada em 22 de setembro de 2004

Fatores clínicos de risco e significado prognóstico para recorrência local de melanoma cutâneo

Notícia / Publicada em 21 de agosto de 2002

Risco de catarata ligado à cor da íris

Notícia / Publicada em 25 de setembro de 2001

Insolações na infância podem causar câncer de pele na idade adulta



Assinantes


Esqueceu a senha?