Até onde irá evoluir a desfibrilação na comunidade?


Equipe Editorial Bibliomed

Equipe Editorial Bibliomed. . Neste artigo:. . - Introdução. - Revisão da Sociedade Européia de Cardiologia. - Recomendações. . Introdução. . A incidência estimada de IAM na população masculina é de 4 por 1000 habitantes a cada ano. O índice estimado de fatalidade dos casos de IAM é de 50%. A maior parte da mortalidade é devida ao ataque cardíaco súbito em função de fibrilação ventricular (FV). . . A incidência estimada de ataques cardíacos é de 1 por 1000 habitantes por ano. Cerca de 80% desses eventos ocorrem em casa.. . Apesar da fibrilação ventricular ser uma condição passível de ser tratada e curada (um simples choque elétrico transtorácico é tratamento efetivo para desfibrilar o miocárdio), os índices de sobrevivência em ataques cardíacos são desanimadores, principalmente devido ao curto período crítico oportuno para o procedimento. De fato, as chances para uma desfibrilação bem sucedida são bastante altas nos primeiros momentos após o início da FV. As chances de sucesso, entretanto, reduzem-se rapidamente em cerca de 7-10% por minuto.. . A sobrevivência geral de ataques cardíacos ocorridos na comunidade é baixa: alguns relatos apontam para índices entre 6% e 10%, enquanto que algumas estimativas ...

Palavras chave: desfibrilação, bem, é, ataques, índices, realização, ser, sobrevivência, fv, ataques cardíacos, desfibriladores, cardíacos, emergência, emergência, são, automáticos, incidência estimada, índices sobrevivência, básico vida, desfibrilação possa ocorrer,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?