Angioedema


Equipe Editorial Bibliomed

Angioedema. - Introdução - Fisiopatologia - Tratamento - Conclusão - Referências Bibliográficas. "O angioedema é caracterizado por áreas bem circunscritas de edema indolor e não-pruriginoso decorrente de aumento da permeabilidade vascular. Os locais mais acometidos são a cabeça e o pescoço, incluindo os lábios, assoalho da boca, língua e laringe, mas o edema pode acometer qualquer parte do corpo. Nos casos mais avançados, o angioedema pode causar obstrução das vias aéreas potencialmente fatal".. Introdução. O angioedema pode ocorrer como resultado de uma doença hereditária (angioedema hereditário ou AEH) ou ser adquirido (angioedema adquirido ou AEA), secundário a reações alérgicas, ao uso de medicações ou ocorrer de modo idiopático. Discutiremos o AEH e o AEA em maiores detalhes, uma vez que as demais formas de angioedema fogem ao escopo deste artigo.. Em 1888, Osler fez o primeiro relato de um caso de AEH. Tratava-se de uma mulher de 24 anos com ataques recorrentes de edema. Ao conversar com o avô da jovem, de 92 anos, Osler descobriu que 5 gerações sucessivas da família apresentavam ...

Palavras chave: Angioedema, edema facial, alergia, anafilaxia, atopia.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 25 de janeiro de 2019

Anafilaxia

Artigo / Publicado em 6 de julho de 2012

Urticária

Artigo / Publicado em 3 de outubro de 2002

Alergia ao látex

Artigo / Publicado em 12 de agosto de 2009

Reações Alérgicas a Insetos Himenópteros

Artigo / Publicado em 20 de março de 2017

Angioedema

Artigo / Publicado em 4 de agosto de 2009

Atualização em Urticárias Físicas

Notícia / Publicada em 27 de fevereiro de 2019

Estudo de sensibilização às quinolonas

Notícia / Publicada em 27 de fevereiro de 2019

Características do angioedema facial no departamento de emergência

Notícia / Publicada em 17 de fevereiro de 2017

Novo medicamento é aprovado pelo FDA para tratamento da distrofia muscular de Duchenne

Notícia / Publicada em 15 de novembro de 2010

Estudo associa vírus da nova gripe e vacina contra ele ao desenvolvimento de urticária



Assinantes


Esqueceu a senha?