Coagulação Intravascular Disseminada


Equipe Editorial Bibliomed

Equipe Editorial Bibliomed. . Neste artigo: . . - Fisiopatologia. - Causas. - Quadro Clínico. - Diagnóstico. - Tratamento. - Conclusão. - Referências Bibliográficas. . "A coagulação intravascular disseminada (CID) caracteriza-se pelo acúmulo de trombina na circulação sangüínea secundária a um distúrbio subjacente. Esta síndrome ocorre na proporção de 1 caso a cada 10.000 pessoas, acometendo igualmente ambos sexos e sem preferências por faixa etária. O diagnóstico é sempre desafiador e o prognóstico, reservado - por exemplo, 18% dos pacientes com púrpura idiopática fulminante associada a CID evoluem para óbito; esta proporção sobe para 50% nos casos de abortos sépticos com choque e CID". . . Fisiopatologia . . Normalmente, lesões endoteliais ou teciduais ativam a coagulação liberando material pró-coagulante na forma de citocinas (principalmente Interleucina-6 [IL-6] e fator de necrose tumoral [FNT]) e Fator de Ativação Tecidual (FAT). Estas citocinas circulantes (a) estimulam a expressão do fator tissular em monócitos e no endotélio, conferindo atividade pró-coagulante, (b) deprimem a expressão dos sistemas ...

Palavras chave: cid, coagulação, c, é, antitrombina, à, endotélio, proteína, trombina, fator, fat, proteína c, antitrombina iii, ativação, explosão, via, ocorre, proteínas c s, proteínas c, à trombomodulina,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa