01 - Primeiros Socorros  - Introdução


Equipe Editorial Bibliomed

Condensação preparada pela Equipe Editorial da Bibliomed. . A Parada Cardiorrespiratória (abreviada como PCR) pode ser definida como a cessação da circulação e da respiração. Esta é uma emergência extrema, cujos resultados serão a lesão cerebral irreversível e a morte caso as medidas adequadas para restabelecer o fluxo sangüíneo e a ventilação não forem tomadas. Até que o diagnóstico correto da causa da PCR seja determinado, é imprescindível manter o bombeamento sangüíneo e a função respiratória. . . A somação dos seguintes parâmetros gerais estabelecem o diagnóstico da PCR: (a) ausência de pulso em uma grande artéria - este é o parâmetro mais utilizado e mais confiável, pois muitas vezes a ausculta cardíaca pode ser negativa ou dificultada, e, entretanto, podem existir batimentos do coração. Deverão ser pesquisadas as artérias femorais e as carótidas (nas crianças pequenas, pesquisar femorais e braquiais); (b) ausência de respiração ou apresentando movimentos respiratórios agonizantes, e (c) indivíduo inconsciente ou semi-inconsciente. . . As causas acidentais de PCR são as mais variadas: afogamento, eletrocução, sufocação, acidentes automobilísticos, intoxicação por drogas, obstrução de vias aéreas superiores por alimentos etc. Tais ocorrências têm expressivo potencial de recuperação, desde que sejam aplicadas técnicas apropriadas de Ressuscitação Cárdio-Pulmonar ...

Palavras chave: ser, é, parada, mais, pcr, cardíaca, reanimação, maior, pessoas, casos, técnicas, parada cardíaca, parada circulatória, a, de recuperação, até, rcp, 5 minutos a, a maioria, 5 minutos,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?