13 - Informações sobre DST’s e AIDS para os clientes de saúde reprodutiva


Equipe Editorial Bibliomed

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é uma doença transmitida pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). Ela é transmitida principalmente pela relação sexual, sendo portanto uma Doença Sexualmente Transmissível (DST). Outras doenças sexualmente transmissíveis são a tricomoníase, a clamídia, a gonorréia, a sífilis, a hepatite B e o herpes genital. As clientes precisam saber como as DST’s são transmitidas e saber evitá-las.

Nota: as mulheres e homens infectados com o HIV podem escolher quaisquer métodos anticoncepcionais que não estejam limitados por outras condições médicas a que estejam sujeitos. Devem também usar preservativos para se proteger contra re-infecções e proteger aos outros.

Como o HIV e outras DST’s são transmitidas?

Þ Explique estes pontos para a cliente:


• O HIV e outras DST’s são transmitidas através de relações sexuais com uma pessoa já infectada.

• O HIV e outras DST’s tais como a Hepatite B são também transmitidas quando o sangue de uma pessoa infectada entra em contado com o fluxo sanguíneo de uma pessoa não infectada, ou através de transfusões de sangue de uma pessoa infectada.

• Muitas pessoas infectadas pelo HIV ou que contraíram outras DST’s não aparentam estar ou se sentem doentes. Mas isso não as impede de transmiti-la, mesmo sem saber.

• Homens e mulheres com infecções ou feridas genitais tem maior chance de contrair o HIV ou transmiti-lo a outras pessoas. Outras DST’s podem causar essas feridas ou infecções.

• Uma mulher infectada pelo HIV pode passar o vírus para o filho antes do parto ou durante a amamentação.

• Explique o Guia ABC (abaixo) a todos os clientes.

Para evitar a AIDS e outras DST’s, lembre-se do ABC

Abster-se: a forma mais segura de não contrair a AIDS é não ter relações sexuais. Se isso não for possível, tente a seguinte opção...

Buscar ser fiel: ter relação sexual com apenas um parceiro que não esteja infectado* e que não tenha outros parceiros. Se não for possível ser mutuamente fiel, tente a seguinte opção...

Colocar o preservativo: use-o em TODAS as relações sexuais. Os preservativos fornecem uma boa proteção contra o HIV/AIDS e outras DST’s.

O uso dos preservativos evita as DST’s e, junto com outros métodos anticoncepcionais, dá proteção extra contra a gravidez.

• Estimule as pessoas a conversar com seus parceiros sexuais sobre as DST’s e a AIDS e como se proteger. Sobretudo as mulheres cujos parceiros tenham outros parceiros(as) sexuais poderão precisar de ajuda e preparação para discutir com seus parceiros uma prática segura de sexo e o uso de preservativos.

• Ofereça preservativos aos/às clientes. Se ele/ela disser que não precisa de preservativos, peça para levar para os amigos. Na verdade, eles/elas acabam usando os preservativos que levam.

Recomende o tratamento imediato das DST’s

Recomende aos clientes procurar um médico ou enfermeira se apresentarem qualquer uma das seguintes condições:

• Feridas ou outras lesões próximo ou nos órgãos genitais. Essas feridas podem ser duras ou abertas, doloridas ou não.

• Homens com corrimento uretral ou dor ao urinar.

• Mulheres com corrimento vaginal.

• Mulheres com dor no baixo abdômen (“pé da barriga”) acompanhada de corrimento ou lesões: procurar um médico ou enfermeira com urgência. Essas podem ser indicações de doença inflamatória pélvica (DIP).

• Se o parceiro sexual tiver qualquer dos sinais acima ou se tiver possibilidade de ter uma DST, mesmo que não apresente sintomas ou sinais da doença. Como as mulheres que têm DST’s freqüentemente não apresentam sinais imediatos das doenças, elas necessitam ser examinadas se acham que enfrentam um alto risco de contrair DST’s.

*Nota: A infecção pelo HIV não causa nenhum dos sinais listados acima e pode ficar muitos anos sem se manifestar. Alguns serviços podem fazer testes de HIV com as clientes. As clientes vão necessitar de aconselhamento tanto antes como depois do teste. Os profissionais têm que receber treinamento especial para esse tipo de aconselhamento. (No Brasil, o COAS faz testes, anonimamente, e tem profissionais treinados para aconselhar. Procure o COAS mais próximo.)

Palavras chave: dst’s, não, hiv, mulheres, clientes, feridas, aids, doença, são, parceiros, sexuais, hiv dst’s, homens, pessoa, ser, preservativos, procurar médico enfermeira, aids é, médico enfermeira, dst’s são,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 29 de agosto de 2002

05 - Impacto sobre a saúde reprodutiva da mulher

Artigo / Publicado em 19 de março de 2002

01 - AIDS e sua Prevenção - Introdução

Artigo / Publicado em 18 de abril de 2017

Condilomatose

Notícia / Publicada em 11 de agosto de 2014

Busca pelo sexo online leva a comportamento sexual de maior risco

Notícia / Publicada em 8 de abril de 2003

Brasil no II Fórum em HIV/Aids e DST da América Latina e Caribe

Notícia / Publicada em 19 de fevereiro de 2003

As adolescentes são o alvo da campanha de prevenção à AIDS

Notícia / Publicada em 23 de julho de 2002

Espermicida reduz risco de ruptura do preservativo

Notícia / Publicada em 20 de outubro de 2000

Programa Estadual Realiza Teste Anti-HIV de Graça

Notícia / Publicada em 8 de agosto de 2000

Ministério da Saúde Condena Discriminação em Escolas e Forças Armadas

Notícia / Publicada em 4 de julho de 2000

Os Preservativos Femininos Podem Aumentar a Constância do Uso dos Métodos de Barreira



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa