A eletrocardiografia nos estudos populacionais: valor prognóstico


Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo: . - Eletrocardiografia em Estudos Populacionais - Eletrocardiografia em Indivíduos Idosos - Eletrocardiografia na Doença de Chagas - Referências Bibliográficas Vários estudos epidemiológicos de base populacional demonstraram, nas últimas décadas, que o eletrocardiograma é um excelente método de avaliação do prognóstico e do risco de eventos cardiovasculares futuros. . Eletrocardiografia em Estudos Populacionais. O eletrocardiograma (ECG) basal de 12 derivações é um dos exames mais frequentemente realizados na prática médica e é método complementar de primeira escolha na abordagem inicial de sintomas importantes como dor torácica e síncope. Uma grande variedade de anormalidades ao ECG comumente ocorre em pacientes com cardiopatia: distúrbios da condução atrioventricular ou intraventricular, alterações inespecíficas da repolarização, hipertrofia ventricular esquerda, batimentos prematuros e taquiarritmias supraventriculares ou ventriculares. Estas alterações usualmente são manifestações inespecíficas de dano miocárdico, independentes da etiologia da cardiopatia. Além disto, um traçado eletrocardiográfico pode ser importante no sentido de estabelecer os ...

Palavras chave: cardiologia, doença de Chagas, eletrocardiograma, hipertrofia ventricular, morte súbita, Infarto do miocárdio, IAM

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?