Diretrizes sobre a criação, a implantação, a implementação e avaliação dos protocolos da enfermagem do HC-UFMG


Equipe Editorial Bibliomed

Márcia Eller Miranda Salviano. Maria de Fátima Seixas e Silva. . I - Introdução. . O trabalho da gerência assistencial teve início com um projeto denominado "Estratégias para Construção de um Plano Assistencial para a Enfermagem do Hospital das Clínicas da UFMG". A primeira etapa do projeto, foi a realização do "Seminário de Avaliação da Assistência de Enfermagem". O resultado do mesmo possibilitou chegar a um consenso de que a enfermagem do HC-UFMG não dispõe de parâmetros sistematizados, que viabilizem avaliar a assistência. Sendo assim, o grupo participante da oficina e do referido seminário, sugeriu que a Divisão Técnica de Enfermagem que coordenasse as atividades de criação ou atualização dos protocolos assistenciais de enfermagem, de forma descentralizada e participativa. Este documento apresenta as diretrizes gerais que deverão nortear o trabalho da enfermagem do HC-UFMG, nas diversas Unidades Operacionais, com Vistas a criação e consolidação destes protocolos de assistência.. . II - Conceito de Protocolo. . O uso da palavra Protocolo, na área clínica e recente e não foi encontrada na literatura disponível um conceito claro, que contempla esta área de aplicação. Para a epidemiologia clínica ele é um instrumento com base científica que padroniza e normatiza a linguagem técnico-operacional na condução de entidades clínicas semelhantes.. . ...

Palavras chave: enfermagem, assistência, criação, protocolos, trabalho, assistencial, disponível, avaliação, hc-ufmg, enfermagem hc-ufmg, construção, forma, processo, protocolo, deverá, implantação implementação avaliação, tecnologia disponível, forma descentralizada, co

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa