Revisão Bibliográfica: Os Efeitos Benéficos das Estatinas na Prevenção Secundária de Eventos Cardiovasculares


Equipe Editorial Bibliomed

Dr. Rubén Martin Vergara Arancibia . . Neste Artigo: . . - Veja Outros Artigos Relacionados ao Tema. . Será apresentada uma breve revisão dos ensaios clínicos sobre a prevenção secundária de eventos cardiovasculares com estas drogas, tendo como base uma sub-análise do estudo LIPID (Long-Term Intervention with Pravastatin in Ischaemic Disease) publicado recentemente, onde é discutida a incidência de infarto nos pacientes estudados.. . Encontram-se disponíveis na atualidade um número significativo de estudos clínicos que demonstram os efeitos favoráveis das estatinas na prevenção primária (WOSCOPS - West of Scotland Coronary Prevention Study) ou secundária (CARE, 4S, LIPID) de eventos cardiovasculares, onde a dislipidemia exerce papel patogênico central.. . Esta revisão refere-se especificamente, à análise dos achados secundários do estudo LIPID que mostrou uma redução de eventos cerebrovasculares em pacientes randomizados que receberam pravastatin.. . Sinteticamente, os resultados iniciais do estudo LIPID foram publicados em 1998 incluindo mais de 9.000 pacientes da Austrália e Nova Zelândia, com idade entre 31 e 75 anos avaliados entre Junho de 1990 e Dezembro de 1992. Foram escolhidos para o estudo pacientes com antecedentes de infarto do miocárdio ou angina de peito instável nos 3 a 36 meses prévios, que possuíam um colesterol ...

Palavras chave: pacientes, risco, estudo, infarto, pravastatin, não, revisão, secundários, grupo, redução, incidência, eventos, lipid, relação, placebo, objetivos secundários, incidência infarto, pacientes receberam, estudo lipid, a incidência infarto,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?