Antibioticoprofilaxia Pré-Operatória


Equipe Editorial Bibliomed

Bibiana Rosetto. . Objetivo: reduzir de forma segura a incidência de infecção em um paciente sem evidências da mesma antes da cirurgia. A profilaxia antibiótica deve ser indicada em cirurgias com alto risco de infecção, ou naquelas com baixo risco nas quais as conseqüências de uma infecção seriam desastrosas. Os fatores que se associam a um maior risco de infecção são idade, estado nutricional, natureza da doença subjacente, presença de tecido necrótico e transtorno na irrigação tecidual. . . Medidas gerais de prevenção de infecção pós- operatória. . -Corrigir as doenças concomitantes: desnutrição, obesidade, diabetes, DPOC.. -Tratamento de infecções pré-existentes em sítios distantes.. -Minimizar o tempo de internação hospitalar.. -Banho pré-cirúrgico corporal total com água e sabão. Se a cirurgia incluir a colocação de prótese ou a internação pré-operatória é maior que 48 hs, deve-se realizar o banho corporal total com sabão antisséptico, 2 dias e 3 horas antes da cirurgia.. -Tricotomia na área cirúrgica umedecida, preferentemente pré-operatória, com barbeador de lâmina simples, dentro das 2 horas anteriores à cirurgia, em caso de cirurgia mínima, ou, tricotomia com barbeador elétrico em qualquer momento pré-operatório. (Opção máxima: não fazer tricotomia).. -Lavar as mãos do pessoal com clorhexidine por 5 minutos.. -Técnica cirúrgica adequada.. ...

Palavras chave: infecção, é, não, risco, cirurgia, risco infecção, cirurgias, princípio, infecção é, pré-operatória, indicada, mais, profilaxia, mais freqüentes, risco infecção é, corporal total, total, asséptica, inflamação, necessário,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa