Cirurgia Cardíaca - Princípios Fundamentais


Equipe Editorial Bibliomed

Marco Tulio Baccarini Pires . Haroldo Diniz . Antonio Carlos Moura da Silva. . . Introdução. . A formação de um cirurgião cardíaco no Brasil leva pelo menos de 5 a 6 anos, incluindo aí uma residência médica em cirurgia geral. Uma outra questão é a necessidade de formação de uma equipe especializada, onde existe o cirurgião, auxiliar, instrumentador, perfusionista, e anestesiologista, e ainda, de ter o hospital preparado para este tipo de operação.. . O hospital deve possuir Unidade Intensiva Pós-operatória, Banco de Sangue e Laboratório 24 horas, e centro cirúrgico equipado. Conclui-se, portanto, que não são todos os Hospitais brasileiros que oferecem condições para este tipo de operação.. . Equipe básica para Cirurgias Cardíacas. . São os seguintes os elementos da equipe cirúrgica, com as suas funções:. . Cirurgião: executar todo o planejamento e a parte operacional da cirurgia. Deve ter conhecimento de todo o material a ser utilizado, de todas as técnicas disponíveis para o caso específico, das técnicas e da aparelhagem da perfusão, de anestesiologia, e de cardiologia clínica. Deve ser ainda capaz de avaliar e conduzir o caso, se necessário, no pós-operatório.. . 1o Auxiliar: Geralmente deve ser um cirurgião que já tenha terminado o seu treinamento em cirurgia cardíaca, mas que ainda não tenha alcançado uma posição "senior". Deve ...

Palavras chave: cirurgia, cirurgião, acesso, ser, são, geralmente, usadas, é, técnicas, à, formação, longitudinal, cirurgias, realizadas, mediana, auxiliar: geralmente, usadas acesso, são usadas, cirurgião já, usualmente são realizadas,

Siga em Google+



conteúdos relacionados



© 2000 - 2014 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa