Morte encefálica e os limites da ética médica


Equipe Editorial Bibliomed

Equipe Editorial Bibliomed. . Neste artigo: . . - Introdução. - Aspectos Éticos. - Aspectos Sócio-Culturais. - Aspectos Legais. - Estabelecendo o diagnóstico. - Conclusão. - Referências Bibliográficas. . "Morte encefálica é definida como a ausência completa e irreversível de todas as funções cerebrais, podendo ser diagnosticada através de testes rigorosos realizados à beira do leito. O advento do critério de morte neurológica ou cerebral para estabelecer a morte de um indivíduo foi uma evolução significativa no modo tradicional de definir a morte, mas ainda permanece um desafio ético difícil em muitas circunstâncias".. . Introdução. . A morte encefálica total (MET) é definida como a ausência de função cerebral manifestada por coma profundo, apnéia e arreflexia cerebral. O diagnóstico clínico foi descrito pela primeira vez na literatura médica em 1959, sendo colocado em prática na década seguinte segundo critérios clínicos específico. . . A Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO) calcula que, dependendo da região, até 100 pacientes por ano em cada milhão de habitantes ...

Palavras chave: morte, é, met, critérios, diagnóstico, não, critério, encefálica, aspectos, à, funções, pessoa, estabelecer, irreversível, cerebral, diagnóstico met, é definida ausência, definida ausência, estabelecer morte, é definida,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa