sangramentos

buscar central de toxicologia
resultado
informação buscada: sangramentos
total de (13) resultados
  • Central de Toxicologia - Anticoagulantes

    Cumarínicos ou derivados Coumachlor, cumacloro (TomorinÒ ), Tomorin, acetonilclorobenzil hidroxicumarina ; Cumafeno, Warfarin, 3-(alfa-acetonilbenzil)-4-hidroxicumarina (RacuminÒ ); Coumafuryl, Cumafuril, furilacetiletil hidroxicumarina, Fumarin; Coumatetralyl, cumatretalil, Racumin, alfa tetraetil oxicumarina; Brodifacoum (KleratÒ , Ratak 10Ò ), brodifacum. Generalidades O bishydroxycoumarin (dicumarol) descoberto, em 1939 a partir de

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Metotrexate

    Generalidades Metotrexate (MTX) é um agente antineoplásico usado para tratar diversos tipos de cânceres: leucemia linfocítica, câncer de mama, e carcinoma de pequenas células, além de ser tratamento para artrite reumatóide, doença trofoblástica e transplantes de órgãos. Farmacologia Metotrexate pode ser usado por via oral, endovenosa e intratecal. As doses do medicamento que podem ser usadas são divididas em: baixas doses: 30-40 mg/m² IV a cada 1-3 semanas; doses moderadas: 250-500

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Dióxido de enxofre (SO2)

    Nomes - Anidrido de ácido sulfuroso, - Óxido sulfuroso, - Óxido de enxofre, - Anidrido sulfuroso. Generalidades É um gás incolor, às condições normais de temperatura, odor sufocante de enxofre queimando. O limite de percepção de odor é em torno de 3 ppm. Combina-se facilmente com a água, formando ácido sulfuroso (H2SO3) e ácido sulfúrico (H2SO4). Na indústria de petróleo, o dióxido de enxofre é lançado na atmosfera na queima do petróleo, constituindo cerca de 95% dos compostos

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Glifosato

    Apresentações RoundupÒ, RodeoÒ, BroncoÒ e WeedoffÒ. Generalidades O glifosato é o componente ativo de um herbicida sistêmico derivado da glicina. É usado para abortar o crescimento de ervas daninhas em culturas de ameixa, cana de açúcar, cacau, café, citrus, maçã, nectarina, pêra, soja, uva, arroz, algodão, milho e pastagens. Sua persistência no ambiente é curta e seu deslocamento para regiões vizinhas acontece raramente. O emprego deste herbicida em domissanitário não é autorizado

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Iodo

    Tabela de Fármacos. Solução de Lugol 6,3mg de iodo/gota Iodeto de potássio 145mg de iodo/comprimido Tintura de iodo 40 mg de iodo/ml Iodo povidona 10mg de iodo/ml Solução de Lugol 6,3mg de iodo/gota Iodeto de potássio 145mg de iodo/comprimido Tintura de iodo 40 mg de iodo/ml Iodo povidona 10mg de iodo/ml Generalidades O iodo é amplamente utilizado como anti-séptico na forma de tintura de iodo, diluído

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Boratos

    Tabela com fármacos Os medicamentos abaixo discriminados são associações de ácido bórico: Antiphlogistine®, Bluderm®, Blumen creme®, Boro Borácica Pomada®, Colírio anestésico®, Dermobion®, Dinill®, Fungol®, Gynaseptol®, Lucretin®, Óxido de zinco®, Polvilho Baruel Baby®, Pomaderme®, Sénophile Pó®, Topiglós Pomada®, Topo-Worth®, Visogenol®, Visplex®, Visual®. Generalidades Borato é o nome dado aos sais do ácido bórico. O bórax (tetraborato de sódio) é branco e cristalino e moderadamente

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Intoxicação por ingestão de cimento

    Generalidades O cimento é um pó cinza utilizado na construção civil, como ligante em edificações. Está disponível em vários tipos de produtos para uso comercial e doméstico e possui ação irritante e corrosiva sobre pele e mucosas. Pode ser comprado na sua forma "pura" (cimento de Portland), como argamassa (cimento diluído a 15% misturado com areia), ou como concreto (cimento misturado com cascalho), sendo que este último contém uma quantidade muito maior de óxido de cálcio livre

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Corticóides

    Apresentações. Glicocorticóides Budesonide Cortisona Betametasona (DiprospanÒ , CelestoneÒ ) Deflazacort (CalcortÒ , DenacenÒ ) Dexametasona (DecadronÒ ) Fluprednisolone Hidrocortisona (Solu-cortefÒ , FlebocortidÒ ) Metilprednisolona (Solu-medrolÒ ) Parametasona Prednisolona Prednisona (MeticortenÒ

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Ofidismo - Acidente botrópico

    Generalidades O gênero Bothrops, que pertence à família Viperidae, sofreu uma revisão, da qual resultaram os gêneros Bothriopsis e Porthidium. As espécies Bothrops bilineatus, Bothrops castelnaudi e Bothrops hyoprorus passaram a ser denominadas Bothriopsis bilineata, Bothriopsis taeniata e Porthidium hyoprora, respectivamente. Habitam principalmente zonas rurais e periferias de grandes cidades, preferindo ambientes úmidos como matas e áreas cultivadas e locais onde haja facilidade

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Central de Toxicologia - Antiinflamatórios não esteróides (AINEs)

    Apresentações. Derivados do ácido propiônico Derivados do ácido acético Benoxaprofen (OraflexÒ) Aceclofenac Carprofeno (RimadylÒ)

    Central de Toxicologia / Publicado em 13 de julho de 2010
< Anterior de 2 Próxima >

Assinantes


Esqueceu a senha?