intracraniana

buscar notícias
resultado
informação buscada: intracraniana
total de (33) resultados
  • Idade avançada, grau de anticoagulação e risco de hemorragia intracraniana em indivíduos portadores de fibrilação atrial e em uso de warfarin

    24 de novembro de 2004 (Bibliomed).  O risco de eventos tromboembólicos associados à fibrilação atrial (FA) aumenta em baixos graus de anticoagulação. Entretanto, altos graus elevam o risco de hemorragia. O uso ótimo do warfarin requer informações precisas acerca do risco de hemorragia intracraniana em função da idade do paciente e do nível de anticoagulação. Para avaliar a relação entre a idade, o nível de anticoagulação e o risco de hemorragia intracraniana, Margaret Fang e colegas,

    Notícias / Publicado em 24 de novembro de 2004
  • Dabigatrana superior à varfarina na redução do risco cardiovascular em portadores de FA não valvular

    4 de fevereiro de 2015 (Bibliomed). Ainda não foi estabelecida a segurança da dabigatrana contra a varfarina, no tratamento da fibrilação atrial não valvular. Assim, foi realizado um recente estudo para comparar essa segurança. Foram formados grupos de novos usuários que iniciaram o uso de dabigatrana ou varfarina para o tratamento da fibrilação atrial não valvular. Entre os 134 414 pacientes, houve 2.715 eventos primários. As taxas de risco da dabigatrana em relação a varfarina (de referência)

    Notícias / Publicado em 3 de fevereiro de 2015
  • Terapia Trombolítica Ligada à Risco Aumentado de Hemorragia Intracraniana

    WESTPORT, (Reuters Health) – Pacientes submetidos à terapia trombolítica estão sob risco aumentado de hemorragia intracraniana quando a terapia é administrada in bolus ao invés de infusão contínua, de acordo com pesquisadores da McMaster University em Hamilton, Canadá.. O Dr. Salim Yusuf e colaboradores coletaram dados de 103.972 pacientes que participaram de sete estudos clínicos que comparavam terapia trombolítica in bolus com terapia em forma de infusão contínua. Eles então calcularam

    Notícias / Publicado em 8 de agosto de 2000
  • Correlações entre a ressonância magnética cerebral na hipotensão intracraniana

    08 de setembro de 2017 (Bibliomed). Estudo apresentado no 18th Congress of the International Headache Society (IHC) 2017, que ocorreu de 07 a 10 de setembro de 2017 em Vancouver, Canadá, teve como objetivo determinar a associação entre os sinais de Imagem por ressonância magnética (IRM) espinhal e cerebral na hipotensão intracraniana espontânea, e examinar a aplicação da doutrina de Monro-Kellie na síndrome da hipertensão intracraniana (SIH) com base na gravidade do vazamento liquórico da

    Notícias / Publicado em 19 de outubro de 2017
  • Efeitos dos agentes antiplaquetários em pacientes idosos com hemorragia intracraniana traumática

    02 de maio de 2005 (Bibliomed). Estudos recentes mostraram uma taxa de mortalidade de 47% relacionada ao uso de agentes antiplaquetários, previamente à ocorrência de hemorragia intracraniana traumática, em pacientes idosos. Christina Ohm e colegas, do Hospital William Beaumont, EUA, realizaram estudo com o objetivo de analisar os efeitos desses agentes, nessa população de pacientes. Os resultados foram publicados recentemente na revista The Journal of Trauma-Injury Infection & Critical

    Notícias / Publicado em 2 de maio de 2005
  • Infusão contínua de solução salina hipertônica permite o controle da hipertensão intracraniana em pacientes com traumatismo crânio-encefálico

    20 de dezembro de 2011 (Bibliomed). Um estudo publicado na Critical Care descreveu o uso de infusão contínua de solução salina hipertônica (SSH), utilizando uma dose calculada pela natremia em pacientes com traumatismo crânio-encefálico (TCE) com hipertensão intracraniana (HIC) refratária. 50 pacientes consecutivos com TCE e HIC refratária foram tratados com infusão contínua de SSH. O fluxo de NaCl 20% foi a priori calculado de acordo com natriurese, natremia atual e alvo, que foram avaliadas

    Notícias / Publicado em 20 de dezembro de 2011
  • Fatores de risco para acidente vascular cerebral não estão muito associados à hemorragia intracraniana

    14 de agosto de 2012 (Bibliomed). A decisão de prescrever a terapia anticoagulante oral em pacientes com fibrilação atrial é baseada em uma avaliação dos riscos concorrentes de acidente vascular cerebral isquêmico e hemorragia grave, dos quais a hemorragia intracerebral (HIC) é o tipo mais importante. Procurou-se determinar a importância relativa dos fatores de risco para acidente vascular cerebral isquêmico e HIC em pacientes com AVC agudo e fibrilação atrial, com ênfase especial nos fatores

    Notícias / Publicado em 13 de agosto de 2012
  • Manejo de crianças criticamente enfermas com traumatismo crânio-encefálico

    20 de maio de 2008 (Bibliomed). O manejo de crianças criticamente enfermas com trauma crânio-encefálico (TCE) requer uma avaliação precisa das lesões cerebrais, mas também de potenciais lesões extracranianas. Este foi o tema de uma publicação da revista Pediatric Anesthesia, em estudo desenvolvido em Paris, França. A avaliação inicial inclui exame clínico, ultra-sonografia transcraniana com Doppler e tomografia computadorizada (TC). Operações neurocirúrgicas raramente são necessárias, exceto

    Notícias / Publicado em 20 de maio de 2008
  • Pesquisa sugere que trombólise seja efetiva para AVCs isquêmicos agudos

    30 de maio de 2005 (Bibliomed). A utilização de tratamentos de trombólise no acidente vascular cerebral isquêmico agudo permanece controversa. No Canadá, o tratamento com alteplase para o acidente vascular cerebral foi autorizado condicionalmente em 1999.. O Canadian Alteplase for Stroke Effectiveness Study, um grupo nacional de pesquisa, foi idealizado para avaliar a efetividade da terapia com alteplase (ativador tissular do plasminogênio - t-PA) para o AVC isquêmico na prática médica

    Notícias / Publicado em 30 de maio de 2005
  • Preditores de piora clínica hiperaguda em pacientes com acidente vascular cerebral isquêmico em uso de trombolítico

    12 de agosto de 2004 (Bibliomed). Apesar dos determinantes de resultados a longo prazo, nos pacientes com acidente vascular cerebral isquêmico agudo (AVCi), já terem sido definidos, pouco se sabe sobre os fatores que predizem uma piora hiperaguda após o uso de terapia trombolítica (TT). Richard Leigh e colegas, da Universidade de Cleveland, EUA, realizaram estudo para investigar os preditores de piora clínica em curto prazo [alteração > 4 na Escala de AVC do Instituto Nacional de

    Notícias / Publicado em 12 de agosto de 2004
< Anterior de 4 Próxima >

Assinantes


Esqueceu a senha?