buscar notícias

resultado

informação buscada: abscessos
total de (4) resultados
  • Não há diferenças entre apendicectomia aberta ou laparoscópica, no que se refere à formação de abscessos intra-abdominais.

    21 de maio de 2010 (Bibliomed). Existe uma controvérsia sobre a associação entre a apendicectomia laparoscópica (AL) e aberta (AA) e a formação de abscessos pós-operatórios intra-abdominais. Um estudo publicado na revista Laparoendoscopic & Advanced Surgical Techniques comparou os resultados destas duas técnicas, em uma população pediátrica. . Foram analisados pacientes submetidos a AL ou AA em um centro, num período de 26 meses. 200 crianças foram analisadas, destes, 40 foram

    Notícias / Publicado em 21 de maio de 2010
  • Laparoscopia é a abordagem apropriada no tratamento de apendicites complicadas?

    10 de maio de 2015 (Bibliomed). A apendicectomia laparoscópica (LA) tornou-se uma intervenção cada vez mais frequente em casos de apendicite aguda; as complicações da apendicectomia laparoscópica são comparadas com a abordagem padrão de cirurgia aberta (AO). Pesquisadores italianos realizaram um estudo, apresentado no 16th European Congress of Trauma and Emergency Surgery, que ocorreu de 10 a 12 de maio de 2015, em Amsterdam, Holanda, a fim de comparar os resultados das duas técnicas.

    Notícias / Publicado em 9 de junho de 2015
  • Apendicectomia laparoscópica: alternativa eficaz na apendicite complicada em crianças

    03 de julho de 2009 (Bibliomed). A apendicectomia laparoscópica é bem aceita no tratamento da apendicite não complicada em crianças. A eficácia e a segurança da laparoscopia nos casos de apendicite complicada ainda são motivos de controvérsia. . Um estudo realizado na Universidade de Hue (Vietnã) e publicado no periódico European Journal of Pediatric Surgery avaliou os desfechos da apendicectomia laparoscópica em crianças com apendicite complicada. Foram avaliadas 72 apendicectomias

    Notícias / Publicado em 3 de julho de 2009
  • Vários países em desenvolvimento não utilizam técnicas adequadas na preparação de injeções

    12 de novembro de 2003 (Bibliomed). Segundo estudo realizado pela Organização Mundial de Saúde, uma em cada três injeções aplicadas em habitantes de países em desenvolvimento, ocorre utilização de técnicas inadequadas de administração, como uso de seringas reaproveitadas ou de instrumento não-esterilizado. Esse problema foi detectado principalmente em países do Sudeste Asiático, Oriente Médio e do Pacífico Oeste, em que a reutilização de seringas e equipamento não esterilizado foi superior

    Notícias / Publicado em 12 de novembro de 2003
< anterior de 1 próxima >
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa