buscar literatura médica

resultado

informação buscada: farmacologia
total de (5) resultados
  • Midazolam comparado ao Lorazepam na sedação em UTI - Anesthesiology 2001 August; 95(2):286-298

    Benzodiazepínicos, tais como lorazepam e midazolam, são freqüentemente administrados na UTI nos pacientes pós-cirúrgicos para sedação pós-operatória. Até hoje, a farmacologia do lorazepam em pacientes criticamente doentes, não foi descrita. . Com o objetivo de caracterizar e comparar a farmacocinética e farmacodinâmica do lorazepam e midazolam, administrados por infusões intravenosas contínuas para a sedação pós-operatória na UTI em pacientes cirúrgicos, a Dra. Juliana Barr e colaboradores

    Literatura Médica / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Sildenafil pode ser utilizado no tratamento de hipertensão pulmonar - Circulation 2001 104: 424 - 428

    O sildenafil (Viagra) foi um dos medicamentos mais vendidos no ano de 2000 e no primeiro semestre de 2001 atuando no tratamento da disfunção erétil. O mecanismo fisiológico responsável pela ereção envolve a liberação de óxido nítrico nos corpos cavernosos durante a estimulação sexual.. O óxido nítrico ativa a enzima guanilato ciclase, que por sua vez induz a um aumento dos níveis de monofosfato de guanosina cíclico (GMPc), produzindo um relaxamento da musculatura lisa dos corpos cavernosos

    Literatura Médica / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Uso de opióides em idosos - Europen Journal of Pain 2005, Volume 9: 137-140, issue 2.

    O tratamento da dor em idosos é um importante desafio para as sociedades ocidentais devido ao aumento do número de pessoas idosas, e sua grande susceptibilidade aos efeitos adversos de medicações para dor. O Dr. Oliver H.G. Wilder-Smith do Pain Knowledge Centre, Department of Anaesthesiology, Radboud University Medical Centre e colegas realizaram uma revisão sobre os fatores responsáveis por influenciar a ação dos opióides na população idosa.. O maior desafio para prescrição médica

    Literatura Médica / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Lesão renal aguda induzida por drogas - Current Opinion in Critical Care 2005; 11(6):555-565

    Miet Schetz e colaboradores publicaram uma revisão com o objetivo de descrever os mecanismos mais prevalentes de lesão renal aguda induzida por drogas (LRAID), de definir os fatores de risco para a nefrotoxicidade e para analisar as evidências disponíveis para medidas preventivas. A toxicidade por drogas continua sendo uma importante causa de lesão renal aguda que, em muitas circunstâncias, pode ser prevenida ou pelo menos minimizada pela vigilância e intervenção precoce. Estudos

    Literatura Médica / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Lesão renal aguda induzida por drogas - Current Opinion in Critical Care 2005; 11(6):555-565

    Miet Schetz e colaboradores publicaram uma revisão com o objetivo de descrever os mecanismos mais prevalentes de lesão renal aguda induzida por drogas (LRAID), de definir os fatores de risco para a nefrotoxicidade e para analisar as evidências disponíveis para medidas preventivas. A toxicidade por drogas continua sendo uma importante causa de lesão renal aguda que, em muitas circunstâncias, pode ser prevenida ou pelo menos minimizada pela vigilância e intervenção precoce. Estudos

    Literatura Médica / Publicado em 13 de julho de 2010
< anterior de 1 próxima >
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa