buscar artigos

resultado

informação buscada: epidural
total de (28) resultados
  • Hematoma Epidural

    © Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo:. - Introdução - Avaliação do Paciente - Exames Complementares - Abordagem Terapêutica - Conclusão - Referências Bibliográficas. O Hematoma Epidural (HE) em geral resulta de uma força linear súbita sobre a calvária, causando separação da dura-máter do osso adjacente e ruptura dos vasos no local. Cerca de 85-90% dos indivíduos adultos com HE apresentam fratura craniana – um evento menos comum em crianças, dada a plasticidade da calvária..

    Artigos / Publicado em 11 de setembro de 2007
  • Um Método para Acelerar a Recuperação Após uma Cirurgia de Ressecção de Cólon

    Dr. Sebastián Grinspon Um estudo realizado em um hospital universitário da Dinamarca demonstrou que ao utilizar-se um programa de cuidados pós-operatórios polimodal, que inclui a modificação de algumas intervenções tradicionais (no uso de sondas nasogástricas, drenagens e retirada precoce dos catéteres vesicais), um manejo otimizado da dor com analgesia epidural continuada, nutrição enteral e mobilização precoce, pode acelerar a recuperação após uma cirurgia eletiva de ressecção colônica

    Artigos / Publicado em 23 de agosto de 2000
  • Hematoma Cerebral ou Raquiano Após Anestesia no Neuroeixo

    Expedito Moreira, MSc, TSA Neste Artigo: Introdução Anticoagulantes Orais e Bloqueio no Neuroeixo Antiplaquetários e Bloqueio no Neuroeixo Fibrinolíticos, Trombolíticos Bloqueio no Neuroeixo e Heparina Standard Bloqueio no Neuroeixo e Haparinas de Baixo Peso (HBPM) Comentários Referências

    Artigos / Publicado em 22 de junho de 2000
  • Uso de Agonistas Alfa 2 em Anestesiologia - Parte III: Farmacologia da Clonidina

    Graciela Guarnaccia Clonidina: Ampola de 0,150 mg = 1ml O cloridrato de clonidina é um derivado imidazólico, quimicamente afim pela fentolamina e pela tolazolina. É um agonista seletivo dos receptores alfa-2. Tem atividade agonista seletiva parcial sobre receptores a 2 (relação a 2: a 1 = 200:1), ou seja, atua perifericamente diminuindo a liberação de NA. Os receptores a 2 são farmacologicamente diferentes dos receptores opióides, sem dúvida, os eventos bioquímicos que ocorrem

    Artigos / Publicado em 21 de agosto de 2000
  • Uso de Agonistas Alfa 2 em Anestesiologia - Parte II : Efeitos e Usos dos Agonistas Alfa 2

    Graciela L. Guarnaccia Receptores a 2 adrenérgicos Os receptores alfa 2 podem ser pré-sinápticos ou pós-sinápticos. Quando se ativa um receptor a 2:inibe-se a ação da adenilatociclase e diminui a produção de AMPc, o processo é mediado pela proteína G inibidora (GI: proteína unida à membrana, que requer GTPase), a qual é ativada junto com os canais de K+, e fecha os canais Ca++ dependentes. Agonistas a 2 adrenérgicos A Clonidina é a droga típica deste grupo. Efeitos hemodinâmicos:

    Artigos / Publicado em 17 de agosto de 2000
  • Tratamento da espondilose lombar

    © Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo:. - Introdução - Tratamento - Referências Bibliográficas. Introdução. A dor lombar é a segunda queixa mais comum em consultas médicas nos Estados Unidos, sendo estimado que até 84% dos adultos apresentarão quadro de lombalgia em algum momento de suas vidas. Felizmente, na grande maioria dos pacientes a dor é leve e transitória, de forma que em 90% dos casos há regressão dos sintomas dentro de seis semanas. A dor lombar crônica, definida

    Artigos / Publicado em 6 de novembro de 2009
  • Retenção urinária pós-parto

    © Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo:. - Introdução - Fisiopatologia - Prevenção - Manejo - Referências Bibliográficas. Introdução. A retenção urinária pós-parto é tida como um evento comum, embora sua incidência relatada varie consideravelmente (de 1,7% a 17,9%). Além disso, os dados de literatura são bastante escassos. A dificuldade para urinar e a retenção urinária, nas mulheres, representam uma gradação de falência de esvaziamento vesical. Esses distúrbios são pouco

    Artigos / Publicado em 23 de abril de 2010
  • Insuficiência intestinal aguda

    Neste artigo:. - Introdução - Insuficiência Intestinal Tipo I - Insuficiência Intestinal Tipo II - Referências . Introdução. A insuficiência intestinal representa a redução do funcionamento do trato intestinal a níveis inferiores ao necessário para digestão e absorção adequada dos nutrientes e fluidos necessários para a manutenção da vida e o crescimento, no caso das crianças. Há 50 anos atrás, tratava-se de quadro incompatível com a vida, porém com o desenvolvimento da nutrição

    Artigos / Publicado em 29 de setembro de 2017
  • Discopatia Degenerativa

    Neste artigo:. - Introdução - Avaliação complementar - Tratamento clínico - Tratamento cirúrgico - Cirurgias lombares - Cirurgias cervicais - Complicações do tratamento cirúrgico - Conclusão - Referências bibliográficas. Introdução. O disco intervertebral é uma estrutura complexa e sua degeneração pode levar ao desenvolvimento de quadros dolorosos de difícil controle. A discopatia lombar relacionada ao lumbago, por exemplo, é considerada a segunda causa mais comum de atendimento

    Artigos / Publicado em 17 de julho de 2015
  • Tromboembolismo na Gestação

    © Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo:. - Introdução - Fatores de Risco - Prevenção - Anticoagulação - Tratamento dos Eventos Tromboembólicos - Manejo Peri-parto - Manejo Pós-parto - Referências Bibliográficas. Introdução. Durante a gestação, as mulheres apresentam risco aumentado

    Artigos / Publicado em 20 de fevereiro de 2009
< anterior de 3 próxima >
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa