CETOCONAZOL -(NIZORAL)

Equipe Editorial Bibliomed

Fórmula:
Comprimido - 200mg Creme dermatológico - 20mg/g Shampoo - 20mg/ml

Indicações:
Tratamento de candidíase oral, esofagiana, cutânea e vulvovaginal, dermatofitoses, onicomicoses, paroníquia, pitiríase versicolor, histoplasmose, esporotricose, paracoccidioidomicose, candidíase ocular e osteoarticular em pacientes viciados em drogas injetáveis e na candidíase esofagiana em pacientes com aids.

Posologia:
A dose varia em função do quadro a ser tratado. Comprimido: Candidíase vaginal: 400mg/dia VO, durante 5 dias. Pitiríase versicolor: 200mg/dia VO, durante 10 dias, repetir quando necessário. Candidíase oral, esofagiana e em pacientes com aids: 200mg a 400mg/dia VO, por um período mínimo de 10 dias. Dermatofitoses e esporotricose: 200mg/dia VO (por 2 a 8 semanas, se houver envolvimento cutâneo e pêlos). Nas onicomicoses e candidíase cutânea crônica, o tratamento deve ser mantido por 6 a 8 meses e 12 meses, respectivamente. Histoplasmose, cromomicose, aspergilose e paracoccidioidomicose: 400mg/dia VO, durante 30 dias, seguidos de 200mg/dia VO, durante 2 a 18 meses. Profilaxia de pacientes imunodeprimidos: 400mg VO, 1 vez ao dia. Demais indicações: 200mg VO, 1 vez ao dia, até pelo menos uma semana. Crianças até 12 anos com até 20kg: 50mg VO, 1 vez ao dia. De 20 a 40kg: 100mg VO, 1 vez ao dia. Acima de 40kg: 200mg VO, 1 vez ao dia. Profilaxia de crianças imunodeprimidas até 20kg: 100mg VO, 1 vez ao dia. De 20 a 40kg: 100 a 300mg VO, 1 vez ao dia. Acima de 40kg: 400mg VO, 1 vez ao dia. Creme: Aplicar nas áreas afetadas, 1 vez ao dia. Shampoo: Deve ser aplicado nas áreas do couro cabeludo e/ou pele, deixando-o agir por 3 a 5 minutos antes de enxaguar. Na pitiríase versicolor, 1 aplicação ao dia por 5 dias. Na dermatite seborréica e caspa, 1 aplicação 2 vezes por semana, durante 2 a 4 semanas.

Contra indicação:
Hipersensibilidade ao cetoconazol. Disfunção hepática.

Efeitos adversos:
Dispepsia, aumentos de enzimas hepáticas, náusea, cólica e diarréia. Cefaléia, tonturas, fotofobia, parestesia. Reações alérgicas. Distúrbios menstruais, ginecomastia, oligospermia, impotência e alopécia. Trombocitopenia. Aumento reversível da pressão intracraniana.

Interações:
Antiácidos e bloqueadores dos receptores H2 diminuem absorção do cetoconazol. Aumenta os efeitos tóxicos da sinvastatina, lovastatina, midazolam, triazolam, pimozida, quinidina, anticoagulantes cumarínicos e ciclosporina. Interage com a terfenadina, provocando arritmias cardíacas, parada cardíaca e morte. Rifampicina, rifabutina, carbamazepina, isoniazida e fenitoína reduzem de forma significante a biodisponibilidade do cetoconazol. Ritonavir aumenta a biodisponibilidade do cetoconazol. Pode inibir o metabolismo de drogas metabolizadas por certas enzimas do citocromo P450, especialmente da família CYP3A. Reações tipo dissulfiram, caracterizadas por rubor, rash, edema periférico, náusea, cefaléia, foram descritas após uso de álcool.

Precauções:
Não ingerir bebidas alcoólicas durante o tratamento com cetoconazol. Medicamentos que neutralizam o ácido do estômago só devem ser ingeridos duas horas após a administração de cetoconazol. Monitorizar mensalmente a função hepática em tratamentos por mais de 15 dias.

Tipo:
Antifúngicos e Antimicóticos


conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 6 de março de 2015

Cetoconazol

Artigo / Publicado em 6 de julho de 2018

Pitiríase Versicolor

Artigo / Publicado em 1 de junho de 2012

Candidíase vulvovaginal

Artigo / Publicado em 3 de agosto de 2012

Tratamento da histoplasmose

Artigo / Publicado em 25 de setembro de 2007

Histoplasmose

Notícia / Publicada em 8 de abril de 2015

Novas diretrizes para câncer de próstata resistente castração

Notícia / Publicada em 6 de junho de 2011

O acetato de abiraterona e o cetoconazol em pacientes com câncer de próstata metastático resistente à castração

Notícia / Publicada em 22 de outubro de 2001

Ministério da Saúde suspende venda de medicamentos da Hipolabor

Notícia / Publicada em 19 de abril de 2001

Anvisa proíbe mercúrio em medicamentos

Notícia / Publicada em 18 de janeiro de 2001

BRASIL: Novos Genéricos Vão Custar 45% Mais Baratos para Pacientes

© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa