TOBRAMICINA -(TOBREX)

Equipe Editorial Bibliomed

Fórmula:
Solução oftálmica - 0,3pcc

Indicações:
Infecções bacterianas externas dos olhos e anexos sensíveis à tobramicina.

Posologia:
Casos leves a moderados: instilar 1 a 2 gotas no olho afetado a cada 4h. Infecções graves: instilar 2 gotas no olho afetado de hora em hora, até obter melhora. A partir desse momento, reduzir gradativamente a freqüência das instilações antes da sua suspensão.

Contra indicação:
Pacientes com hipersensibilidade à tobramicina e aos aminoglicosídeos. Lactação.

Efeitos adversos:
Toxicidade ocular localizada e hipersensibilidade, inclusive prurido, inflamação das pálpebras e hiperemia conjuntival.

Interações:
Uso simultâneo de outras drogas nefrotóxicas, incluindo outros aminoglicosídeos, vancomicina, algumas das cefalosporinas, ciclosporinas e cisplatinas. Drogas potencialmente ototóxicas como ácido etacrínico ou talvez a furosemida podem aumentar o risco de toxicidade dos aminoglicosídeos. Tem-se sugerido que o uso simultâneo de antieméticos como dimenidrinato pode mascarar os primeiros sintomas da ototoxicidade vestibular. Cuidado também é necessário se outras drogas com ação de bloqueio neuromuscular são administradas concomitantemente. As propriedades de bloqueio neuromuscular dos aminoglicosídeos podem ser suficientes para provocar sérias depressões respiratórias em pacientes recebendo anestésicos em geral e opióides.

Precauções:
Restringir uso na gravidez a casos em que é indispensável. Suspender amamentação.

Tipo:
Antimicrobiano Aminoglicosídeo


conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 12 de janeiro de 2018

Mastoidite

© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa