Prolongamento da guerra eleva risco de enfarte

02 de abril de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

02 de Abril de 2003. Cardiologistas brasileiros afirmam que o prolongamento da guerra do Iraque poderá começar a matar muita gente de enfarte, inclusive civis.
De acordo com os especialistas, a repetida descarga de adrenalina durante cenas de combate e bombardeios pode desencadear uma série de doenças cardíacas. A afirmação foi baseada na tendência observada durante confrontos como a 1ª Guerra do Golfo e a guerra civil dos Bálcãs.
Os médicos alertam que o uso de anfetamina por soldados da coalizão também pode causar envelhecimento precoce das...

Palavras chave: guerra, prolongamento guerra, prolongamento, enfarte, soldados, durante, 1ª, soldados coalizão, uso anfetamina soldados, golfo, uso anfetamina, anfetamina soldados, causar envelhecim

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 1 de dezembro de 2005
Estudo tenta entender sobrevivência de pacientes graves
Clipping / Publicado em 14 de novembro de 2005
Apnéia do sono aumenta os riscos de AVE e morte
Clipping / Publicado em 3 de junho de 2005
"Gene mestre" determina a preferência sexual
Clipping / Publicado em 11 de abril de 2005
Operação 'peixe cru' no Rio
Clipping / Publicado em 17 de dezembro de 2004
Cresce em Portugal número de casos de Aids entre idosos
Clipping / Publicado em 12 de agosto de 2004
Paciente já consegue saber qual o risco de ter infarto em até 10 anos
Clipping / Publicado em 29 de julho de 2004
Estudo de meta-análise revê os conceitos da quimioprofilaxia de infecções do trato urinário em mulheres
Clipping / Publicado em 7 de julho de 2004
Exposição mostra ligação da Engenharia e Neurologia no estudo do cérebro
Clipping / Publicado em 26 de março de 2003
Laser é indicado contra glaucoma
Clipping / Publicado em 6 de janeiro de 2003
Treinamento garante boa memória


Assinantes


Esqueceu a senha?