Anestesiologistas ainda enfrentam problemas éticos ao lidar com transplantes

18 de julho de 2005
Equipe Editorial Bibliomed

18 de julho de 2005. Anestesiologistas precisam ser mais bem orientados para saber lidar com a delicada questão do transplante de órgãos. Revisão da literatura publicada pela revista Current Opinion in Organ Transplantation mostra que a maioria dos anestesiologistas ainda não mostra desembaraço ao lidar com a ética do transplante de órgãos quando cuidam de pacientes terminais. Muitos desses pacientes autorizam a execução de intervenções médicas para preservar seus órgãos com fins de transplantes, mas torna-se difícil julgar quando uma atitude desse...

Palavras chave: órgãos, anestesiologistas, não, lidar, 2005, organ transplantation, opinion organ, opinion organ transplantation, transplantes, transplante órgãos, organ, transplante, ser, opinion,

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 17 de maio de 2006

Complicações do excesso e da falta de flúor nos cremes dentais

Clipping / Publicado em 10 de abril de 2006

Parada cardíaca traumática: qual seria a melhor conduta?

Clipping / Publicado em 3 de janeiro de 2005

Acidentes de carros são mais comuns quando neva, dizem cientistas

Clipping / Publicado em 6 de outubro de 2004

Ministério da Saúde lança campanha contra dengue

Clipping / Publicado em 19 de novembro de 2003

Lembretes para os pais podem reduzir internações hospitalares

Clipping / Publicado em 2 de outubro de 2003

Dieta na infância e auto-anticorpos associados ao diabetes

Clipping / Publicado em 6 de março de 2003

Cientistas bloqueiam mal da vaca louca em camundongos

Clipping / Publicado em 10 de fevereiro de 2003

Descritos os fatores prognósticos no linfoma não-Hodgkin agressivo

Clipping / Publicado em 6 de fevereiro de 2003

Cochilar melhora desempenho

Clipping / Publicado em 5 de fevereiro de 2003

A Progranulina está envolvida na cicatrização das feridas



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa