Multinacionais no combate a Aids

04 de dezembro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

04 de Dezembro de 2003. Sete grandes multinacionais se comprometeram a investir no combate à Aids na África e em outras partes do mundo. Chevron-Texaco, Heineken, AngloAmerican, DaimlerChrysler, Eskom, Lafarge e Aço Tata, dentre outras, fazem parte do acordo. O grupo começará montando programas-piloto em Gana, Camarões e Nigéria. Vão fazer o mesmo na Rússia e na Índia. No entanto, algumas ONGs ligadas ao setor de saúde dizem que as empresas defendem seus próprios interesses ao ajudar na luta contra o HIV, por causa do impacto da doença sobre a sua força...

Palavras chave: aids, multinacionais, combate, entanto, interesses ao, algumas ongs ligadas, ligadas setor, entanto algumas ongs ligadas, setor saúde, rússia, entanto algumas ongs, índia, empresas,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 26 de fevereiro de 2004
Dosagem de procalcitonina reduz emprego indiscriminado de antibioticoterapia
Clipping / Publicado em 19 de fevereiro de 2004
Fator de necrose tumoral está associado à psoríase
Clipping / Publicado em 12 de setembro de 2003
Descoberta forma mais eficaz de prevenir transmissão do HIV da mãe para o filho
Clipping / Publicado em 9 de setembro de 2003
Brasileiros testam novo marcapasso
Clipping / Publicado em 26 de junho de 2003
Declaração de dados genéticos é revisada na Unesco
Clipping / Publicado em 23 de maio de 2003
Feira Hospitalar começa dia 10
Clipping / Publicado em 31 de março de 2003
Mais chance após os 35
Clipping / Publicado em 27 de março de 2003
Medida rotineira das transaminases e da CK em pacientes em uso de estatinas é questionada
Clipping / Publicado em 2 de janeiro de 2003
Medicamento Lipostabil não possui registro no Brasil
Clipping / Publicado em 30 de dezembro de 2002
Alteração no coágulo de fibrina é fator importante na ocorrência da trombose venosa


Assinantes


Esqueceu a senha?