Erradicação do /b> i>Helicobacter pilory /i> b>previne úlcera duodenal

13 de novembro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

13 de Novembro de 2003. 169 indivíduos saudáveis e assintomáticos, portadores do H. pilory, foram submetidos à tratamento para erradicação da bactéria em 1990 e acompanhados durante dez anos, período em que foram sistematicamente interrogados sobre a ocorrência de sintomas dispépticos. Os pesquisadores que conduziram o estudo, publicado na revista Gut, concluíram ao final deste estudo que os sujeitos cuja terapia de erradicação obteve sucesso apresentaram incidência significativamente menor de úlcera péptica e sintomas relacionados do que aqueles...

Palavras chave: erradicação, pilory, cuja terapia, cuja, sintomas, à, úlcera, bactéria, terapia, sujeitos, erradicação obteve, obteve sucesso, erradicação obteve sucesso, terapia erradicação, sucess

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 8 de maio de 2006

Brasil cumpre meta contra subnutrição infantil, diz Unicef

Clipping / Publicado em 19 de dezembro de 2005

Médico-chefe da União Européia diz que Europa está pronta para gripe aviária

Clipping / Publicado em 22 de novembro de 2005

Obstrução intestinal por ímãs: relato de caso

Clipping / Publicado em 23 de agosto de 2005

Câncer: mulheres com predisposição devem emagrecer, diz pesquisa

Clipping / Publicado em 26 de maio de 2004

Bactéria poderá gerar eletricidade a partir de fezes de astronautas

Clipping / Publicado em 23 de dezembro de 2003

Acidentes automobilísticos: a cor do carro pode ser um fator de risco?

Clipping / Publicado em 26 de novembro de 2003

Piora situação da fome no mundo

Clipping / Publicado em 29 de outubro de 2003

Tratamento de HPV a laser é tema de evento em São Paulo

Clipping / Publicado em 28 de abril de 2003

Malária mata 3 mil crianças por dia na África, diz a OMS

Clipping / Publicado em 28 de janeiro de 2003

Vacina contra dengue tem bom resultado



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa