Os fatores de risco para a perda auditiva em neonatos

10 de dezembro de 2019
Equipe Editorial Bibliomed

10 de dezembro de 2019 (Bibliomed). A perda auditiva em bebês é frequentemente diagnosticada tardiamente, apesar dos programas de triagem universal. Os fatores de risco de deficiência auditiva em neonatos de alto risco, identificados a partir de estudos de base populacional, podem informar a política sobre a triagem direcionada. O objetivo de recente pesquisa foi determinar a prevalência e os fatores de risco para perda auditiva em uma população neonatal de alto risco.

Tratou-se...

Palavras chave: Pediatria, neonatologia, otorrinolaringologia, perda auditiva, neonatos, fatores de risco.

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 10 de abril de 2007
Impacto da publicidade acerca dos suicídios pediátricos na prática médica nos Estados Unidos
Clipping / Publicado em 8 de março de 2007
Associação entre síndrome metabólica e depressão, dependência funcional e pior qualidade de vida em brasileiros idosos
Clipping / Publicado em 4 de julho de 2006
Pesquisadores estudam células-tronco de testículos
Clipping / Publicado em 22 de junho de 2006
Identificada molécula que liga os dois lados do cérebro
Clipping / Publicado em 29 de maio de 2006
Relatório do Brasil à ONU pede drogas contra Aids mais baratas
Clipping / Publicado em 8 de fevereiro de 2006
Alzheimer tem origem genética em 80% dos casos
Clipping / Publicado em 3 de novembro de 2005
Romênia confirma caso de gripe aviária
Clipping / Publicado em 23 de maio de 2005
Gene da depressão
Clipping / Publicado em 4 de novembro de 2004
Localização da gordura corporal prediz risco de síndrome metabólica e doença cardíaca em mulheres idosas
Clipping / Publicado em 19 de março de 2003
Crianças "materialistas" seriam mais propensas à depressão


Assinantes


Esqueceu a senha?