Avaliação da mobilidade identifica pacientes agudamente doentes com menor risco de mortalidade hospitalar

26 de setembro de 2019
Equipe Editorial Bibliomed

26 de setembro de 2019 (Bibliomed). Um estudo retrospectivo relatou que a mobilidade alterada na apresentação do pacientes (IMOP) aumentou a capacidade dos sinais vitais em predizer a mortalidade em pacientes com doença aguda. Um recente estudo foi desenhado para examinar melhor a associação entre IMOP e a mortalidade intra-hospitalar.

Tratou-se de um estudo observacional prospectivo de três coortes diferentes de pacientes com doença aguda internados em hospitais em Esbjerg, Dinamarca...

Palavras chave: Clínica Médica, pneumologia, mortalidade, mobilidade alterada, risco.

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 19 de abril de 2007
Tomar leite após os exercícios ajuda a ganhar massa muscular
Clipping / Publicado em 10 de abril de 2006
Morar com parceiro engorda a mulher, diz estudo
Clipping / Publicado em 12 de dezembro de 2005
Agência Nacional de Saúde pode cassar o registro de 189 planos de saúde
Clipping / Publicado em 5 de dezembro de 2005
Antipsicóticos atípicos x convencionais, quais são os riscos para os idosos?
Clipping / Publicado em 31 de outubro de 2005
Terapias modernas diminuíram risco de complicações neurológicas da fibrilação atrial
Clipping / Publicado em 5 de setembro de 2005
Anel contraceptivo vaginal melhora vida sexual dos casais
Clipping / Publicado em 10 de dezembro de 2004
Cuidado com feridas via Internet obtém bons resultados
Clipping / Publicado em 16 de outubro de 2003
Déficit de atenção em adultos pode levar a alcoolismo, diz estudo
Clipping / Publicado em 17 de julho de 2003
Programa vai levar informação sobre sexualidade a portador de distúrbios mentais
Clipping / Publicado em 22 de janeiro de 2003
Pesquisada a prevalência e os efeitos da anemia em pacientes com ICC


Assinantes


Esqueceu a senha?