Estudado mecanismo de ação da adrenalina ao potenciar o efeito da lidocaína

02 de janeiro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

02 de Janeiro de 2003. A adição de adrenalina à lidocaína aumenta a intensidade e a duração do bloqueio neural.
Realizando estudos em camundongos, pesquisadores da Harvard Medical School publicaram esta semana na revista Anesthesiology de Janeiro de 2003 suas conclusões baseadas na medição da dor observada nestes animais após bloqueio do nervo ciático com lidocaína com e sem a adição de adrenalina. Foram encontrados dois tipos de ações: uma ação farmacodinâmica da epinefrina que aumenta transitoriamente a potencia da lidocaína, e uma ação farmacocinética...

Palavras chave: lidocaína, ação, adrenalina, janeiro 2003, adição adrenalina, 2003, aumenta, adição, anesthesiology, janeiro, epinefrina aumenta, farmacodinâmica epinefrina, ação farmacodinâmica epi

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 28 de dezembro de 2005
Ioga se mostra mais eficaz que alongamento para aliviar dores nas costas
Clipping / Publicado em 21 de dezembro de 2005
Desenvolver o intelecto evita deterioração mental
Clipping / Publicado em 26 de setembro de 2005
Azitromicina é tão eficaz quanto a penicilina no combate à sífilis
Clipping / Publicado em 25 de janeiro de 2005
DST’s voltam a crescer nos paises desenvolvidos
Clipping / Publicado em 10 de maio de 2004
Neurociência e Psicanálise
Clipping / Publicado em 14 de abril de 2004
Médicos encontram sinais para reverter o mal de Alzheimer
Clipping / Publicado em 19 de fevereiro de 2004
Fator de necrose tumoral está associado à psoríase
Clipping / Publicado em 27 de outubro de 2003
Metformina é efetiva em induzir a ovulação em pacientes com ovário policístico
Clipping / Publicado em 9 de outubro de 2003
ANS e Ministério da Saúde anunciam regras para planos
Clipping / Publicado em 25 de agosto de 2003
Problemas de deficiências sexuais mais comuns entre as mulheres do que entre homens


Assinantes


Esqueceu a senha?