Mutação ajuda a detectar tumor raro

12 de julho de 2006
Equipe Editorial Bibliomed

12 de julho de 2006. Uma pesquisa internacional sobre câncer hereditário identificou uma mutação que implica 80% de risco de desenvolver tumor no intestino delgado. No estudo estatístico envolvendo 55 instituições de diversos países, cientistas foram capazes de apontar um trecho do gene MSH2 como o local de alterações causadoras de tumores do gênero em portadores da chamada síndrome do câncer de intestino hereditária. "Como o câncer no intestino delgado é muito raro, temos obrigação de verificar se é hereditário e ir atrás da família do paciente", diz...

Palavras chave: câncer, tumor, mutação, rossi, no intestino delgado, raro, delgado, risco, no intestino, gene, estudo, câncer sp, sp co-autor, do hospital câncer sp, do hospital câncer, mutações, ve

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 5 de junho de 2006
Videogames podem ajudar a reduzir erros em cirurgias, diz estudo
Clipping / Publicado em 8 de março de 2006
Pneumonias por i>S. aureus /i> resistes estão prolongando o tempo de hospitalização nas UTIs
Clipping / Publicado em 8 de novembro de 2005
Hipotensão piora o prognóstico em pacientes com AVE isquêmico
Clipping / Publicado em 16 de agosto de 2005
Tomografias de crânio estão sendo pedidas em excesso, diz estudo
Clipping / Publicado em 26 de novembro de 2003
Aids mata 3 milhões em 2003, recorde desde o início da epidemia
Clipping / Publicado em 30 de setembro de 2003
Uso de salto alto não causa a doença
Clipping / Publicado em 15 de setembro de 2003
Feto pisca, sorri e chora ainda na barriga da mãe, diz cientista
Clipping / Publicado em 5 de agosto de 2003
OMS quer usar preço para combater o uso do cigarro
Clipping / Publicado em 7 de abril de 2003
Fixação externa articulada facilita recuperação após neurorrafia em lesões do membro inferior
Clipping / Publicado em 3 de abril de 2003
Técnica faz sistema imunológico detectar e combater o câncer


Assinantes


Esqueceu a senha?