Médicos chineses descobrem novas pistas sobre memória humana

15 de maio de 2006
Equipe Editorial Bibliomed

15 de maio de 2006. Pesquisadores do Instituto de Ciências Biológicas de Xangai anunciaram a descoberta de novas pistas sobre o funcionamento dos neurônios no cérebro dos ratos que podem levar a novos achados sobre a memória humana, informou o jornal oficial Xangai Daily. Os resultados, que foram publicados pela revista científica Neuron em 4 de maio, "iluminarão o futuro das pesquisas sobre o cérebro e o potencial da memória humana", assegurou o neurologista Duan Shumin.

Fonte: Brasil...

Palavras chave: memória, xangai, novas pistas, memória humana, pistas, maio, novas, humana, revista, científica neuron 4, publicados, neuron 4, 4 maio, 4, cérebro, "iluminarão, futuro, pesqui

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 13 de abril de 2007

Epidemiologia e desfechos da parada cardíaca extra-hospitalar em Rochester, Nova York

Clipping / Publicado em 31 de março de 2006

Seios grandes também podem ser um problema

Clipping / Publicado em 17 de fevereiro de 2004

Governo pede aos tailandeses patriotas que comam frango

Clipping / Publicado em 9 de janeiro de 2004

FDA nega aprovação de implantes de silicone e endurece regras para dar aval

Clipping / Publicado em 6 de janeiro de 2004

Cientistas fazem sistema imunológico atacar câncer

Clipping / Publicado em 18 de novembro de 2003

Psicanalista fala das vantagens do relacionamento maduro

Clipping / Publicado em 12 de novembro de 2003

Sinais inflamatórios ajudam a prever eventos cardiovasculares em idosos

Clipping / Publicado em 10 de setembro de 2003

Pesquisadora diz que jovens britânicos estão contraindo o HIV para se auto-afirmar

Clipping / Publicado em 9 de setembro de 2003

Estudo mostra risco de cirurgias em consultórios

Clipping / Publicado em 8 de setembro de 2003

Padrão de acidentes vasculares cerebrais é diferente na América do Sul



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa