Sexo na mídia alimenta promiscuidade, diz estudo

12 de abril de 2006
Equipe Editorial Bibliomed

12 de Abril de 2006. Músicas, revistas, programas de TV e filmes com uma grande carga sexual levam os jovens a iniciar sua vida sexual mais cedo, agindo talvez como "companheiros" virtuais a lhes dizer que todas as outras pessoas estão fazendo isso, revelou um estudo. "Essa é a primeira vez que mostramos que, o quanto maior a exposição das crianças ao sexo nos meios de comunicação, mais cedo vão praticar sexo", disse Jane Brown, da Universidade da Carolina do Norte (EUA) e principal autora do relatório.

Fonte:

Palavras chave: mais, sexual, sexo, estudo, maior, quanto, sexo meios, comunicação mais, sexo meios comunicação, primeira, meios comunicação, crianças sexo, sexo", comunicação, cedo, vão, mei

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 19 de maio de 2006
Bebê ajuda a entender raízes da fala
Clipping / Publicado em 20 de abril de 2006
Beijo pode provocar reações alérgicas, diz estudo
Clipping / Publicado em 27 de janeiro de 2006
Poder da mente pode superar exercícios físicos no combate à dor
Clipping / Publicado em 14 de dezembro de 2005
Pesquisa relaciona tamanho da cabeça do bebê a câncer
Clipping / Publicado em 20 de outubro de 2005
Japoneses descobrem substância que denuncia envelhecimento dos dentes
Clipping / Publicado em 20 de junho de 2005
Correção da mordedura não é responsável por prejuízos estéticos
Clipping / Publicado em 17 de novembro de 2003
Exercícios, dietas e genética para prevenir o infarto
Clipping / Publicado em 11 de novembro de 2003
Novo abortivo aprovado pelo FDA causa polêmica
Clipping / Publicado em 13 de junho de 2003
Hepatite C preocupa autoridades na Austrália
Clipping / Publicado em 21 de fevereiro de 2003
Estudo britânico exclui riscos de vacinação infantil


Assinantes


Esqueceu a senha?