Publicidade

Publicidade

Publicidade

ANZOPAC

Laboratório

Uci-Farma Ind. Farmacêutica Ltda.

Principio ativo

LANSOPRAZOL

Classe

Dispepsia

Composição

Cada cápsula de lansoprazol contém: lansoprazol 30 mg; Excipiente q.s.p. 1 cápsula. Cada comprimido revestido de claritromicina contém: Claritromicina 500 mg; Excipiente q.s.p. 1 comprimido. Cada cápsula de amoxicilina contém: Amoxicilina (na forma triidratada) 500 mg; Excipiente q.s.p. 1 cápsula.

Apresentação

Caixa contendo 7 ou 10 envelopes. Cada envelope contém: 2 blísteres. Cada blíster contém: 1 cápsula com microgrânulos de liberação retardada de lansoprazol 30 mg, 1 comprimido revestido de claritromicina 500 mg e 2 cápsulas de amoxicilina 500 mg.

Indicações

ANZOPAC é indicado na erradicação do Helicobacter pylori para diminuição da possibilidade de recorrência de úlceras grastroduodenais. Os componentes de ANZOPAC (lansoprazol, claritromicina e amoxicilina) estão indicados para o tratamento dos pacientes com gastrite ou úlcera gastroduodenal (ativa ou com história pregressa), com infecção confirmada por Helicobacter pylori.

Contra indicações

ANZOPAC é contra-indicado aos pacientes com hipersensibilidade conhecida ao lansoprazol, claritromicina ou amoxicilina ou a qualquer componente da fórmula. Em pacientes que apresentam reação de hipersensibilidade às penicilinas e às cefalosporinas. A administração concomitante com cisaprida, astemizol, terfenadina e pimozida não é recomendada.

Posologia

O esquema terapêutico recomendado de ANZOPAC é uma cápsula de lansoprazol 30 mg, um comprimido de claritromicina 500 mg e duas cápsulas de amoxicilina 500 mg, duas vezes por dia, uma vez pela manhã e outra à noite, de preferência 30 minutos antes da alimentação, durante 7 ou 10 dias, conforme a orientação médica. Pode ser necessário o ajuste da dose de lansoprazol, claritromicina e amoxicilina em pacientes idosos ou com insuficiência renal e/ou hepática graves. Não está estabelecida a segurança do uso de ANZOPAC em crianças.

Reações adversas

ANZOPAC é um medicamento bem tolerado, apresentando baixa incidência de efeitos colaterais. Geralmente, os efeitos adversos são leves e transitórios não causando a suspensão da terapia. Ocasionalmente podem ocorrer náusea, vômito, dor abdominal, diarréia, cefaléia e reações de hipersensibilidade.

Interações medicamentosas

ANZOPAC deve ser administrado com precaução em pacientes com insuficiência hepática ou renal, sob estrito acompanhamento médico. A amoxicilina pode desencadear reações de hipersensibilidade, inclusive anafiláticas, ocorrendo com mais freqüência nos indivíduos com história prévia de hipersensibilidade à penicilina. Não é recomendado o uso de ANZOPAC durante a gravidez e lactação. ANZOPAC somente deve ser administrado durante a gestação ou amamentação se os benefícios justificarem os potenciais riscos. O tratamento deve ser realizado sob criteriosa avaliação e estrito acompanhamento médico.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa