Publicidade

Publicidade

Publicidade

AMPLIUM

Laboratório

Laboratório Americano de Farmacoterapia S.A.

Principio ativo

TINIDAZOL

Classe

Antimicrobianos

Composição

Cada comprimido contém 500 mg de tinidazol. Excipientes: lactose, sacarose, amido de milho, polivinilpirrolidona, talco, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio, Eudragit, ácido cítrico, bióxido de titânio, polietilenoglicol, dimetilpolisiloxana, corante amarelo alumínio laca nº 5 (tartrazina). Este produto contém o corante amarelo de tartrazina que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico.

Apresentação

AMPLIUM (tinidazol) Comprimido: Embalagens com 4 e 8 comprimidos.

Indicações

AMPLIUM (tinidazol) está indicado no tratamento de infecções do aparelho genitourinário da mulher e do homem causadas por Trichomonas vaginalis, assim como no tratamento da giardíase, amebíase intestinal e infecções por anaeróbios. Nas infecções anaeróbicas é usado tanto na prevenção de infecções pós-operatórias (cirurgias gastrointestinais e ginecológicas) como no tratamento de infecções intraperitoneais, ginecológicas, respiratórias, septicemia e infecções da ferida cirúrgica.

Contra indicações

Pacientes com história de discrasias sangüíneas ou portadores de doenças do sistema nervoso central. Está igualmente contra-indicado em pacientes com conhecida hipersensibilidade à droga. Gravidez e lactação: Como o tinidazol atravessa a barreira placentária, da mesma forma que o metronidazol, seu uso não é recomendado durante o primeiro trimestre da gravidez e em nutrizes durante o período neonatal. A administração do produto nos dois últimos trimestres da gravidez requer que os potenciais benefícios do tratamento sejam avaliados contra os possíveis riscos para a mãe e para o feto.

Posologia

Na tricomoníase e giardíase: 4 comprimidos de 500 mg em dose única. Na amebíase intestinal: 4 comprimidos de 500 mg, em dose única, por 2 dias consecutivos. Nas infecções anaeróbicas: 4 comprimidos de 500 mg no primeiro dia e, a seguir, 2 comprimidos por dia, durante 5 ou 6 dias, ou a critério médico. Na profilaxia de infecções pós-operatórias: Dose única de 4 comprimidos aproximadamente 12 horas antes da cirurgia. Os comprimidos de AMPLIUM (tinidazol) devem ser administrados durante ou após uma refeição.

Reações adversas

Em geral são pouco freqüentes, leves e transitórias: náusea, vômito, anorexia, diarréia, sensação de sabor metálico; muito raramente ocorrem rash cutâneo, prurido, urticária, edema angioneurótico e leucopenia transitória, cefaléia, fadiga, língua pilosa e urina escura.

Interações medicamentosas

O tinidazol, assim como outros derivados imidazólicos, não deve ser administrado juntamente com bebidas alcoólicas e até 72 horas após o término do tratamento, devido à ocorrência de dor abdominal, rubor, vômito e taquicardia. Drogas com estrutura química similar, incluindo o tinidazol, têm sido associadas a vários distúrbios neurológicos, como tontura, vertigem, ataxia, neuropatias periféricas e raramente convulsões. Se houver o desenvolvimento de quaisquer sinais neurológicos anormais durante o tratamento com tinidazol, a terapêutica deve ser descontinuada. Uso pediátrico: Não foram estabelecidas a eficácia e segurança em crianças menores de 12 anos.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa