Publicidade

Publicidade

Publicidade

AMIOBAL

Laboratório

Laboratórios BALDACCI S/A

Principio ativo

AMIODARONA, CLORIDRATO

Classe

Anti-arrítmicos

Composição

Cada comprimido contém 100 ou 200 mg de cloridrato de amiodarona.

Apresentação

Caixas contendo 30 comprimidos de 100 ou de 200 mg em blister.

Indicações

Profilaxia e tratamento de: arritmias ventriculares, supraventriculares, fibrilação e flutter atrial crônico, arritmias paroxísticas. Taquiarritmias associadas à síndrome de Woff-Parkinson-White; quando os distúrbios do ritmo agravarem uma patologia clínica subjacente (angina, insuficiência cardíaca).

Contra indicações

Hipersensibilidade ao iodo ou a qualquer componente da fórmula; bradicardia severa; bloqueio AS ou AV; choque; hipotensão severa; disfunção tireoideana; gravidez (categoria D) e lactação (risco de alteração tireoideana no feto ou neonato); associação com medicações que provocam torsades de pointes.

Posologia

Sempre durante ou após às refeições. Adultos: Dose de ataque: varia entre 1.000 mg e 600 mg/dia em 1 a 3 tomadas, por períodos variáveis entre 5 dias até 1 mês, com média de 10 a 14 dias, conforme o tipo de arritmia. Dose de manutenção mínima efetiva variando entre 200 mg e 600 mg por dia ou de forma intermitente (segunda a sexta, descansa sábado e domingo) ou a critério médico.

Reações adversas

Geralmente estão ligadas à superdosagem e podem ser: microdepósitos corneanos, fototoxicidade cutânea, pigmentação cutânea grisácea (reversíveis), sinais de hiper ou hipotireoidismo, além de pneumonia intersticial difusa. Mais raramente: neuropatia periférica, hepatopatia aguda, elevação das transaminases, bradicardia, geralmente moderada.

Interações medicamentosas

AMIOBAL somente deve ser iniciado após monitoração das funções: tireoideana, pulmonar, hepática e ocular (ver Reações adversas); existência de insuficiência cardíaca e hipersensibilidade ao iodo.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa