Publicidade

Publicidade

Publicidade

SECNIX

Laboratório

Cifarma Científica Farmacêutica Ltda.

Principio ativo

SECNIDAZOL

Classe

Antiparasitários

Composição

Cada comprimido de SECNIX de 500 mg contém: Secnidazol 500 mg. Excipiente (celulose microcristalina, amido de milho, manitol, polivinilpirrolidona, estearato de magnésio, álcool etílico e croscarmelose sódica) q.s.p. 1 comprimido. Cada comprimido de SECNIX de 1.000 mg contém: Secnidazol 1.000 mg. Excipiente (celulose microcristalina, amido de milho, manitol, polivinilpirrolidona, estearato de magnésio, álcool etílico, laurilsulfato de sódio e croscarmelose sódica) q.s.p. 1 comprimido.

Apresentação

SECNIX Comprimidos de 500 mg: Embalagem contendo 4 comprimidos. SECNIX Comprimidos de 1.000 mg: Embalagem contendo 2 comprimidos.

Indicações

SECNIX é indicado no tratamento da tricomoníase, giardíase, amebíase intestinal e amebíase hepática. Recentemente, alguns estudos têm demonstrado que o secnidazol pode ser uma alternativa terapêutica para as vaginites inespecíficas, geralmente causadas pela Gardnerella vaginalis.

Contra indicações

SECNIX é contra-indicado em pacientes com antecedentes de hipersensibilidade à droga ou a outros derivados imidazólicos ou a qualquer um dos componentes da fórmula. SECNIX também é contra-indicado para mulheres sob suspeita de gravidez, durante os três primeiros meses da gravidez e na amamentação.

Posologia

Adultos: Tricomoníase: Dose única de 4 comprimidos de 500 mg ou 2 comprimidos de 1.000 mg. A mesma dose é recomendada para o cônjuge. Amebíase intestinal e giardíase: Dose única de 4 comprimidos de 500 mg ou 2 comprimidos de 1.000 mg. Amebíase hepática: 1 comprimido de 500 mg, 3 vezes ao dia, durante 5 a 7 dias.

Reações adversas

Foram relatadas as seguintes reações adversas com o uso do secnidazol: náuseas, vômitos, gastralgias, gosto metálico, estomatites, leucopenia moderada (reversível com a suspensão do tratamento) e erupções urticariformes. Mais raramente foram relatadas: vertigens, polineurites sensitivo-motoras, parestesias, incoordenação e ataxia.

Interações medicamentosas

© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa