Publicidade

Publicidade

Publicidade

OTOCIRIAX

Laboratório

FARMOQUímica S.a.

Principio ativo

CIPROFLOXACINO, CLORIDRATO TÓPICO (Assoc.)

Classe

Antiinfecciosos tópicos

Composição

Cada 1 ml de suspensão otológica contém: Ciprofloxacino (como cloridrato) 2 mg; Hidrocortisona micronizada 10 mg; Excipiente (álcool benzílico, álcool polivinílico, cloreto de sódio, acetato de sódio tridratado, ácido acético glacial, fosfatidilcolina hidrogenada, polissorbato 20, água purificada, hidróxido de sódio) q.s.p. 1 ml.

Apresentação

Suspensão otológica: Embalagem com frasco de 5 ml acompanhado de conta-gotas.

Indicações

Tratamento da otite externa bacteriana aguda, em crianças maiores de 1 ano, causada por microrganismos suscetíveis à ação do ciprofloxacino, incluindo Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus, Acinetobacter anitratus (baumannii), Stenotrophomonas maltophilia, Enterobacteriaceae, Enterococcus faecalis e Proteus mirabilis.

Contra indicações

Pacientes com história de hipersensibilidade ao álcool benzólico, à hidrocortisona, ao ciprofloxacino, aos derivados quinolônicos ou a qualquer dos excipientes da formulação. Pacientes com perfuração da membrana timpânica, suspeita ou confirmada. OTOCIRIAX® Suspensão otológica não é indicado no tratamento de otite média. Não deve ser prescrito durante a gravidez e amamentação, já que não há dados suficientes que assegurem o uso do medicamento nestes grupos de pacientes.

Posologia

Para crianças acima de 1 ano de idade e adultos, instilar 3 gotas de suspensão no orelha afetada, duas vezes por dia, durante 7 dias. Agitar bem o frasco antes do uso. O paciente deve deitar-se de lado, com a orelha afetada para cima, para a instalação das gotas. O paciente deve manter-se nesta posição por, no mínimo, 30 segundos, para facilitar a penetração das gotas no meato acústico externo.

Reações adversas

Nos estudos clínicos realizados, as reações adversas consideradas relacionadas à droga ocorreram em 3,5% dos pacientes tratados. A reações que ocorreram com uma freqüência entre 0,1% e 1% foram as seguintes reações localizadas: hipoestesia, parestesia, prurido, erupção cutânea e urticária.

Interações medicamentosas

Descontinuar o tratamento ao primeiro sinal de erupção cutânea ou qualquer outra evidência de hipersensibilidade local ou generalizada. Como qualquer outra preparação antibiótica, o uso prolongado pode resultar no crescimento de microrganismos resistentes, inclusive fungos.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa