Publicidade

Publicidade

Publicidade

OSTENAN

Laboratório

Marjan Ind. e Com. Ltda.

Principio ativo

ALENDRONATO

Classe

Osteoporose

Composição

Apresentação

Comprimidos revestidos: Caixas com 15 ou 30 comprimidos revestidos de 10 mg de alendronato de sódio. Caixas com 2 ou 4 comprimidos revestidos de 70 mg de alendronato de sódio.

Indicações

OSTENAN é indicado para o tratamento da osteoporose em mulheres após a menopausa.

Contra indicações

Hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer um dos componentes da fórmula, em situações de hipocalcemia e outros distúrbios no metabolismo de cálcio, insuficiência renal grave (clearance de creatinina < 35 ml/min) e deficiência de vitamina D. Vigência de úlcera duodenal em atividade, esvaziamento gástrico retardado, inabilidade de permanecer em pé ou sentado por pelo menos 30 minutos.

Posologia

A dose recomendada para osteoporose pós-menopausa é de 10 mg, uma vez ao dia ou 70 mg, uma vez por semana. OSTENAN deverá ser ingerido pelo menos meia hora antes do primeiro alimento, bebida ou medicação do dia, com um copo cheio de água. Os pacientes não deverão se deitar após a ingestão de OSTENAN para minimizar a potencial irritação esofágica devido ao refluxo. Não é necessário ajustar a posologia para pacientes idosos ou com insuficiência renal leve e moderada (clearance de creatinina entre 35 e 60 ml/min). A hipocalcemia deve ser corrigida antes da terapêutica ser iniciada e os pacientes com osteoporose devem receber suplemento de cálcio e vitamina D se a dieta for inadequada. V

Reações adversas

OSTENAN é geralmente bem tolerado, tanto em nível do trato gastrintestinal, quanto em nível sistêmico. Todavia, poderão ocorrer dor abdominal, distúrbios esofágicos, dispepsia, úlcera esofágica, disfagia, distensão abdominal, dor no musculoesquelético, constipação, diarréia, flatulência, cefaléia, náuseas e mais raramente erupção cutânea e eritema. Poderão ocorrer reduções transitórias e assintomáticas de cálcio sérico.

Interações medicamentosas

OSTENAN deve ser usado com cautela em pacientes com distúrbios do trato gastrintestinal superior (gastrite, duodenite ou úlcera, disfagia e esofagites) porque pode causar irritação da mucosa. Os médicos devem estar atentos à presença de disfagia, odinofagia, dor retroesternal, pirose e orientar suas pacientes a interromperem a medicação e procurá-los caso estes sintomas ocorram. Em relação ao OSTENAN com administração semanal, caso a paciente se esqueça de tomar uma dose, deverá tomá-la na manhã do dia seguinte em que ela se lembrou. Não deve tomar dois comprimidos no mesmo dia, mas deve voltar a tomar um comprimido por semana e no mesmo dia inicialmente escolhido. Não deve ser utilizado durante a gravidez, lactação e em crianças por não haver estudos nestes grupos.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa