Publicidade

Publicidade

Publicidade

NIMESULIN

Laboratório

Cifarma Científica Farmacêutica Ltda.

Principio ativo

NIMESULIDA

Classe

Antiinflamatórios

Composição

Cada comprimido contém: Nimesulida 100 mg. Excipiente (celulose microfina, lactose, estearato de magnésio e dióxido de silício coloidal) q.s.p. 1 comprimido. Cada 1 ml da suspensão oral contém: Nimesulida 10 mg. Veículo (goma xantan, sorbitol 70%, sacarose, metilparabeno, propilparabeno, polissorbato 80, álcool etílico, sacarina, ciclamato e essência de baunilha ) q.s.p. 1 ml. Cada ml da suspensão oral (gotas) contém: Nimesulida 50 mg. Veículo (goma xantan, sorbitol 70%, sacarose, metilparabeno, propilparabeno, polissorbato 80, álcool etílico, sacarina, ciclamato e essência de baunilha) q.s.p. 1 ml

Apresentação

Comprimidos: Embalagem com 12 comprimidos de 100 mg. Suspensão oral: Frasco com 60 ml. Suspensão oral (gotas): Frasco plástico gotejador contendo 15 ml.

Indicações

O uso da nimesulida é indicado em todas as doenças que requerem atividades antiinflamatória, analgésica e antipirética, inclusive os relacionados ao aparelho osteoarticular. No tratamento coadjuvante de doenças otorrinolaringológicas e respiratórias (otites, amigdalites, laringotraqueítes e bronquites), na cefaléia, mialgias, reações de pós-imunização e dor pós-operatória.

Contra indicações

O uso da nimesulida é contra-indicado a pacientes com antecedentes de hipersensibilidade à droga, ao ácido acetilsalicílico ou a outros agentes antiinflamatórios não-esteróides. Hemorragias gastrintestinais, úlcera duodenal em fase ativa, disfunções hepáticas e renais graves. Seu uso também é contra-indicado na gravidez e na lactação.

Posologia

Adultos: 50-100 mg, duas vezes ao dia, podendo alcançar até 200 mg, duas vezes ao dia. Em paciente com afecções inflamatórias, a dose poderá ser aumentada a 400 mg/dia. Crianças: Suspensão oral: A dose diária é de 5 mg/kg de peso corporal, em duas tomadas iguais. Gotas: Uma gota (2,5 mg) por kg de peso corporal a cada 12 horas.

Reações adversas

Ocasionalmente podem ocorrer febre, náusea e epigastralgia, geralmente leves e transitórias. Foram relatados, raras vezes, casos de erupção cutânea do tipo alérgico. Embora ainda não relatado, a exemplo de outros fármacos antiinflamatórios não-esteróides, o produto é passível de causar sonolência, vertigens, ulcerações pépticas e sangramento gastrintestinal.

Interações medicamentosas

© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa