Publicidade

Publicidade

Publicidade

MUCOSOLVAN

Laboratório

Boehringer Ingelheim do Brasil Quím. e Farm. Ltda.

Principio ativo

AMBROXOL, CLORIDRATO

Classe

Tosse e expectoração

Composição

Xarope adulto: Cada 5 ml (1/2 copo-medida) contém: Cloridrato de ambroxol 30 mg. Excipientes: Hidroxietilcelulose, sorbitol a 70%, glicerina, sacarina sódica, essência de abricot, essência de laranja, mentol, ácido benzóico, propilenoglicol, água deionizada. Xarope pediátrico: Cada 5 ml (1/2 copo-medida) contém: Cloridrato de ambroxol 15 mg. Excipientes: Hidroxietilcelulose, sorbitol a 70%, glicerina, ácido benzóico, aroma de framboesa, propilenoglicol, ácido tartárico, água deionizada. Gotas: Cada ml (25 gotas) contém: Cloridrato de ambroxol 7,5 mg. Excipientes: Ácido cítrico monoidratado, fosfato dissódico diidratado, cloreto de sódio, cloreto de benzalcônio, água deionizada.

Apresentação

Xarope adulto: Frasco com 120 ml, acompanhado de copo-medida graduado em 2,5, 5, 7,5 e 10 ml. Xarope pediátrico: Frasco com 120 ml, acompanhado de copo-medida graduado em 2,5, 5, 7,5 e 10 ml. Gotas: Frasco com 50 ml.

Indicações

Como terapêutica secretolítica e expectorante nas afecções broncopulmonares agudas e crônicas, associadas à secreção mucosa anormal e a transtornos do transporte mucoso.

Contra indicações

MUCOSOLVAN não deve ser administrado a pacientes com hipersensibilidade conhecida ao ambroxol e a outros componentes da fórmula.

Posologia

Atenção: Copo-medida de 10 ml. Xarope adulto (1/2 copo-medida = 5 ml = 30 mg): Adultos e adolescentes: 1/2 copo-medida (5 ml), 3 vezes ao dia. Xarope pediátrico (1/2 copo-medida = 5 ml = 15 mg): Crianças até 2 anos: 1/4 copo-medida (2,5 ml), 2 vezes ao dia. Crianças de 2 a 5 anos: 1/4 copo-medida (2,5 ml), 3 vezes ao dia. Crianças de 5 a 10 anos: 1/2 copo-medida (5 ml), 3 vezes ao dia. Gotas para uso oral e inalação (7,5 mg/ml = 25 gotas): O frasco de MUCOSOLVAN vem acompanhado de um moderno tipo de gotejador, de fácil manuseio: basta colocar o frasco em posição vertical e deixar gotejar a quantidade desejada. Uso oral: Crianças até 2 anos: 25 gotas (1 ml), 2 vezes ao dia. Crianças de 2 a 5 anos: 25 gotas (1 ml), 3 vezes ao dia. Crianças de 5 a 10 anos: 50 gotas (2 ml), 3 vezes ao dia. Adultos e adolescentes: 100 gotas (4 ml), 3 vezes ao dia. Recomenda-se ingerir as gotas diluídas em chá, suco de fruta, leite ou água, durante as refeições. Para inalação: Adultos, adolescentes e crianças maiores de 5 anos: 1 a 2 inalações/dia, com 50 a 75 gotas (2 a 3 ml). Crianças menores de 5 anos: 1 a 2 inalações/dia, com 50 gotas (2 ml). MUCOSOLVAN Solução para inalação pode ser utilizado com todos os inaladores modernos (exceto inaladores de vapor). Pode ser misturado com solução salina fisiológica e diluído na proporção de 1:1, a fim de se obter uma umidificação adequada do ar liberado pelo aparelho respirador. Como a inalação profunda pode provocar tosse, o paciente deve respirar normalmente durante o tratamento inalatório. Geralmente recomenda-se aquecer as soluções inalatórias à temperatura corporal antes da inalação. Para os pacientes com asma brônquica, aconselha-se iniciar a inalação após a administração da medicação broncoespasmolítica habitual. Este medicamento não deve ser utilizado em crianças menores de 2 anos de idade. Siga corretamente o modo de usar; não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

Reações adversas

MUCOSOLVAN é geralmente bem tolerado. Como efeitos colaterais relataram-se manifestações gastrintestinais leves (principalmente pirose, dispepsia e, ocasionalmente, náuseas e vômitos, sobretudo após administração parenteral). Em raros casos ocorreram reações alérgicas, sobretudo erupções cutâneas. Em casos excepcionais relataram-se graves reações agudas do tipo anafilático; entretanto, sua relação com ambroxol é duvidosa; alguns destes pacientes tinham apresentado também reações alérgicas a outras substâncias.

Interações medicamentosas

MUCOSOLVAN Gotas contém cloreto de benzalcônio como conservante. Quando inalado, este conservante pode causar broncoconstrição em pacientes sensíveis com hiper-reatividade das vias respiratórias.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa