Publicidade

Publicidade

Publicidade

MINIAN

Laboratório

Libbs Farmacêutica Ltda.

Principio ativo

DESOGESTREL (Assoc.)

Classe

Contraceptivos

Composição

Cada comprimido contém: Desogestrel 150 mcg; Etinilestradiol 20 mcg. Excipientes: Lactose, celulose microcristalina, polividona, croscarmelose sódica, edetato dissódico, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio e corante eritrosina, q.s.p. 1 comprimido. Cartucho contendo uma cartela com 21 comprimidos.

Apresentação

Indicações

MINIAN é indicado como contraceptivo oral. Com sua baixa dose hormonal, oferece bom controle de ciclo, com raros casos de sangramento intermenstrual e baixa incidência de efeitos colaterais.

Contra indicações

As contra-indicações de MINIAN são as mesmas que as previstas para os demais COCs, incluindo: hepatopatia aguda ou crônica; processos tromboembólicos; doença arterial coronariana ou cerebrovascular; doenças anatômicas do coração; diabetes grave ou associada a doença vascular; hipertensão grave (> 160/100 mmHg) ou com complicações; neoplasias hormônio-dependentes da mama ou do útero; fumantes acima dos 35 anos; gravidez e lactação.

Posologia

No primeiro ciclo, tomar 1 comprimido por dia, sempre no mesmo horário, iniciando no primeiro dia do sangramento, durante 21 dias consecutivos. Nos ciclos subseqüentes, deverá ser observado um intervalo de 7 dias, entre o último comprimido do ciclo que termina (último comprimido da cartela) e o primeiro comprimido do ciclo que se inicia (nova cartela).

Reações adversas

As reações adversas com MINIAN nos vários trabalhos clínicos publicados mostram-se de pequena intensidade e são semelhantes às reações adversas dos demais COCs. Entre elas, estão: náuseas, mastalgia, cefaléia, tontura, nervosismo e acne.

Interações medicamentosas

MINIAN (desogestrel/etinilestradiol) pode afetar a quantidade e a qualidade do leite materno. Pequenas quantidades dos componentes ativos podem ser excretadas no leite materno. O risco-benefício do uso de MINIAN (desogestrel/etinilestradiol) deverá ser considerado quando existirem os seguintes problemas médicos: asma, insuficiência cardíaca, epilepsia, enxaquecas, insuficiência renal, histórico familiar de câncer de mama, diabetes mellitus, histórico ou presença de cálculos na vesícula biliar, insuficiência hepática, hipercalemia, hiperlipidemia, hipertensão, histórico de icterícia durante a gravidez, cirurgia prevista, depressão, tuberculose, veias varicosas extensas. MINIAN (desogestrel/etinilestradiol), quando tomado de acordo com as instruções de uso, proporciona um meio bastante seguro de prevenir a concepção e a probabilidade de ocorrência de gravidez é mínima. No enquanto, a confiabilidade dos anticoncepcionais orais pode ser reduzida quando: os comprimidos não são tomados de acordo com as instruções de uso, como, por exemplo, esquecimento da ingestão de um ou mais comprimidos; ocorrem distúrbios gastrintestinais como diarréia e/ou vômito dentro de até 4 horas após a ingestão do comprimido; administração concomitante de outros medicamentos (ver Interações medicamentosas). Se não ocorrer sangramento de privação e nenhuma das circunstâncias mencionadas acima estiverem presentes, a gravidez será altamente improvável e o uso de anticoncepcional oral pode ser continuado. Se, no entanto, qualquer uma dessas eventualidades ocorrer, deve-se interromper a ingestão dos comprimidos e excluir a presença de gravidez antes de retornar ao uso do anticoncepcional oral.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa