Publicidade

Publicidade

Publicidade

EBASTEL D

Laboratório

Eurofarma Laboratórios Ltda.

Principio ativo

EBASTINA (Assoc.)

Classe

Alergias

Composição

Cada cápsula contém: Ebastina 10 mg; Cloridrato de pseudo-efedrina 120 mg; Excipientes q.s.p. 1 cápsula. Excipientes: Sacarose, amido de milho, talco, metil-hidroxipropilcelulose, celulose microcristalina, 8 polioxilestearato, oxiestearato de glicerina polietilenoglicol, copolímero do ácido metacrílico, copolímero metacrílico salificado, dibutilftalato, polietilenoglicol, emulsão de silicone, microgrânulos inertes de sacarose e amido de milho.

Apresentação

Cápsula gelatinosa contendo 10 mg de ebastina e 120 mg de cloridrato de pseudo-efedrina. Embalagem com 5 cápsulas gelatinosas.

Indicações

EBASTEL® D (ebastina/cloridrato de pseudo-efedrina) é indicado para o alívio dos sintomas associados à rinite, seja ela de etiologia alérgica ou infecciosa, incluindo congestão nasal, espirros, rinorréia, pruridos e lacrimejamento. EBASTEL® D (ebastina/cloridrato de pseudo-efedrina) é recomendado quando se deseja obter as propriedades anti-histamínicas da ebastina e os efeitos descongestionantes do cloridrato de pseudo-efedrina.

Contra indicações

EBASTEL® D (ebastina/cloridrato de pseudo-efedrina) é contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade conhecida à ebastina, à pseudo-efedrina e aos demais componentes do produto. Devido à presença de pseudo-efedrina, EBASTEL® D (ebastina/cloridrato de pseudo-efedrina) não deve ser administrado em pacientes com glaucoma de ângulo estreito, retenção urinária, hipertensão arterial severa, insuficiência coronária, hipertiroidismo e sob tratamento simultâneo ou recente (nas últimas semanas) com inibidores da monoaminoxidase (IMAOs), reserpina, metildopa, mecamilamina e alcalóides. A segurança do uso de EBASTEL® D (ebastina/cloridrato de pseudo-efedrina) durante a gravidez e amamentação não foi estabelecida, portanto, este medicamento não deve ser utilizado nestes períodos. EBASTEL® D (ebastina/cloridrato de pseudo-efedrina) não deve ser administrado em pacientes menores de 12 anos de idade.

Posologia

Adultos e crianças acima de 12 anos: 1 cápsula, uma vez ao dia, administrada preferencialmente durante o desjejum. Em casos graves pode-se administrar 1 cápsula a cada 12 horas. A duração do tratamento deve limitar-se a fase sintomática, não prolongando-se em geral mais de 10 dias na rinite alérgica e vasomotora ou 3 dias na rinite associada ao resfriado comum, salvo a critério médico.

Reações adversas

Devido aos seus princípios ativos, EBASTEL® D (ebastina/cloridrato de pseudo-efedrina) pode provocar raramente cefaléia, astenia, nervosismo, alterações gastrointestinais, diarréia e constipação. Devido à presença de pseudo-efedrina, especialmente em pacientes com hipersensibilidade a medicamentos simpatomiméticos, podem ocorrer nervosismo, excitabilidade, insônia, enjôo, cefaléia e, em administrações prolongadas, náuseas e vômito. Outros possíveis efeitos são: taquicardia e palpitações.

Interações medicamentosas

© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa