Publicidade

Publicidade

Publicidade

DIENTRIN

Laboratório

Sanofi Synthélabo Ltda.

Principio ativo

TRIMETOPRIMA/SULFAMETOXAZOL (Assoc.)

Classe

Antimicrobianos

Composição

Cada comprimido contém: sulfametoxazol ............................... 400mg trimetoprima ................................... 80mg excipientes q.s.p. ............................. 1 comprimido Contém: atapulgita ativada, carbonato de cálcio, povidona, macrogol 6000, polissorbato 20, glicerol, corante amarelo crepúsculo, amidoglicolato de sódio, talco e estearato de magnésio. Cada 5 mL da suspensão oral contém: sulfametoxazol ....................... 200mg trimetoprima ........................... 40mg veículo q.s.p. ............................ 5 mL Contém: atapulgita ativada, sacarose, álcool etílico, aroma de cacau, aroma artificial de caramelo, ciclamato de sódio, carbonato de cálcio, corante amarelo crepúsculo, dimeticona, glicerol, bronopol, sacarina sódica, silicato de alumínio e magnésio, polissorbato 20, metilparabeno, propilparabeno e água purificada.

Apresentação

DIENTRIN comprimido: cartuchos contendo 12 ou 120 comprimidos. DIENTRIN suspensão oral: frascos com 60 mL.

Indicações

DIENTRIN é indicado no tratamento das infecções do trato intestinal causadas por germes sensíveis aos componentes da fórmula. DIENTRIN é eficaz no tratamento de gastroenterocolites agudas de etiologia infecciosa bacteriana, como shigeloses (disenteria bacilar), salmoneloses (intoxicação alimentar), e enterocolites crônicas de natureza bacteriana. DIENTRIN NÃO ESTÁ INDICADO NA DIARRÉIA AGUDA OU PERSISTENTE DA CRIANÇA.

Contra indicações

DIENTRIN é contra-indicado nos seguintes casos: •hipersensibilidade à trimetoprima e às sulfas em geral; •deficiência de G6PD: risco de aparecimento de hemólise; •na diarréia aguda ou persistente da criança. - em virtude da imaturidade dos sistemas enzimáticos no neonato, DIENTRIN é contra-indicado: •no prematuro e no recém-nascido até 2 meses de idade; •no final da gravidez; •durante o aleitamento. DIENTRIN NÃO É INDICADO NA DIARRÉIA AGUDA OU PERSISTENTE DA CRIANÇA. DIENTRIN também está contra-indicado em pacientes alérgicos aos componentes da fórmula e não deve ser usado em crianças prematuras, no recém-nascido até 2 meses de idade, durante a gravidez e amamentação.

Posologia

Via oral. Comprimidos: De 8 a 12 anos: 1 comprimido 2 vezes ao dia. Acima de 12 anos e adultos: 2 comprimidos 2 vezes ao dia. Suspensão: Lactentes acima de 2 meses: 1/4 de medida (2,5 mL) 2 vezes ao dia. Crianças de 1 a 5 anos: Meia medida (5 mL) 2 vezes ao dia. Crianças de 6 a 12 anos: Uma medida (10 mL) 2 vezes ao dia. Utilização no insuficiente renal - depuração de creatinina inferior a 30 mL/min: metade da dose diária, em uma única tomada. - depuração de creatinina inferior a 15 mL/min: não prescrever na ausência de possibilidade de hemodiálise. Se a hemodiálise for possível, usar metade da posologia usual; convém verificar de 3 em 3 dias as concentrações plasmáticas de sulfametoxazol.

Reações adversas

DIENTRIN é bem tolerado, na posologia recomendada. Reações adversas mais freqüentes: - náuseas, vômitos, epigastralgias; - erupção cutânea pruriginosa - urticária. Reações adversas raras: •manifestações cutâneas: •necrólise epidérmica: eritema polimorfo, síndromes de Lyell e de Stevens- Johnson: •manifestações hematológicas: •casos de trombopenia, leuco-neutropenia, agranulocitose, aplasia medular, anemia hemolítica parecem estar relacionados a um mecanismo imuno-alérgico; •nos pacientes acima de 65 anos e/ou com deficiência em folatos, as alterações hematológicas e em particular os casos de anemia megaloblástica e de citopenias parecem estar ligados a um mecanismo tóxico, dependente da dose e da duração do tratamento. DIENTRIN pode interferir com o metabolismo do ácido fólico endógeno; - outras manifestações de hipersensibilidade: choque anafilático, edema de Quincke, hipertermia; - distúrbios digestivos: hepatite, colite pseudo-membranosa; - manifestações renais: casos de alteração da função renal foram comunicados; - manifestações neurológicas: manifestações neurológicas sensoriais (especialmente meningite asséptica) foram excepcionalmente assinaladas. Informe seu médico sobre o aparecimento de reações desagradáveis com o uso de DIENTRIN, em especial sintomas como náuseas, vômitos, dores no estômago e reações alérgicas na pele. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Interações medicamentosas

DIENTRIN deverá ser usado somente sob prescrição médica. O uso em pacientes idosos, geralmente mais sensíveis aos medicamentos, deve ser cuidadosamente acompanhado. Informe seu médico caso seja portador de qualquer outra doença, em especial alterações hepáticas ou renais. Atenção: Dientrin suspensão contém açúcar, portanto, deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa