Publicidade

Publicidade

Publicidade

CLONOTRIL

Laboratório

Torrent do Brasil Ltda.

Principio ativo

CLONAZEPAM

Classe

Convulsões e epilepsias

Composição

Apresentação

Embalagens contendo 20 comprimidos de 0,5 mg e 2 mg.

Indicações

Isoladamente ou como adjuvante nas crises epilépticas mioclônicas, acinéticas, ausências típicas e atípicas (síndrome de Lennox-Gastaut), distúrbio do pânico com ou sem agorafobia. Medicação de segunda linha em espasmos infantis (síndrome de West). Tratamento de terceira linha em crises epilépticas clônicas, parciais simples, parciais complexas e tonicoclônicas generalizadas secundárias.

Contra indicações

Sensibilidade aos benzodiazepínicos, doenças hepáticas. Glaucoma agudo de ângulo fechado. Gravidez: Só deve ser administrado a mulheres grávidas se os benefícios potenciais superarem os riscos potenciais para o feto. Lactação: Mães recebendo CLONOTRIL não devem amamentar seus bebês.

Posologia

Dose inicial: Lactentes e crianças até 10 anos (ou com 30 kg de peso): 0,01-0,03 mg/kg/dia. Crianças acima de 10 anos (ou com mais de 30 kg) e adultos: A dose inicial recomendada é de 1-2 mg/dia. Dose de manutenção: Lactentes e crianças até 10 anos (ou com 30 kg de peso): 0,05-0,1 mg/kg/dia. Crianças de 10 a 16 anos de idade (ou mais de 30 kg): 1,5-3 mg/dia. Adultos: 2-4 mg/dia. A dose total diária pode ser administrada em uma única tomada à noite, se necessárias várias tomadas, a dose maior deve ser administrada à noite. Dose terapêutica máxima é de 20 mg/dia. Idosos: Dose inicial: 0,25 mg, administrado duas ou três vezes ao dia.

Reações adversas

Sonolência, ataxia. Neurológicas: Movimentos anormais dos olhos, afonia, movimentos coreiformes, coma, diplopia, disartria, disdiadococinesia, aparência de 'olho-vítreo', enxaqueca, hemiparesia, hipotonia, nistagmo, depressão respiratória, fala mal articulada, tremor e vertigem. Psiquiátricas: Confusão, depressão, amnésia, alucinações, histeria, libido aumentada, insônia, psicose e tentativa de suicídio. Respiratórias: Congestão pulmonar, rinorréia, respiração ofegante e hipersecreção nas vias respiratórias superiores. Cardiovascular: Palpitações. Dermatológicas: Perda de cabelo, hirsutismo, erupção cutânea, edema facial e do tornozelo. Gastrintestinais: Anorexia, língua saburrosa, constipação, diarréia, boca seca, gastrite, hepatomegalia, apetite aumentado, náusea e gengivas doloridas. Geniturinárias: Disúria, enurese, noctúria e retenção urinária. Musculoesqueléticas: Fraqueza e dores musculares. Diversas: Desidratação, deterioração geral, febre, linfadenopatia, ganho ou perda de peso. Hematopoéticas: Anemia, leucopenia, trombocitopenia e eosinofilia.

Interações medicamentosas

© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa