Publicidade

Publicidade

Publicidade

CEBRALAT

Laboratório

Libbs Farmacêutica Ltda.

Principio ativo

CILOSTAZOL

Classe

Composição

Cada comprimido de CEBRALAT 50 mg contém: Cilostazol 50 mg. Excipientes: Carboximetilcelulose cálcica, hidroxipropilmetilcelulose, celulose microcristalina, estearato de magnésio, corante azul-indigotina) q.s.p. 1 comprimido. Cada comprimido de CEBRALAT 100 mg contém: Cilostazol 100 mg. Excipientes: Carboximetilcelulose cálcica, amido, hidroxipropilmetilcelulose, celulose microcristalina, estearato de magnésio, corante azul-indigotina, q.s.p. 1 comprimido.

Apresentação

Cartucho contendo 2 blisters com 15 comprimidos de 50 mg. Cartucho contendo 2 blisters com 15 comprimidos de 100 mg.

Indicações

CEBRALAT (cilostazol) é indicado para doença vascular periférica, para redução do sintoma da claudicação intermitente e na prevenção da recorrência de acidente vascular cerebral.

Contra indicações

CEBRALAT (cilostazol) é contra-indicado para portadores de insuficiência cardíaca congestiva, pacientes com hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula, pacientes com quadro hemorrágico e para pacientes grávidas ou que estejam amamentando.

Posologia

A dosagem recomendada é de 50 ou 100 mg, duas vezes ao dia, conforme orientação médica. O comprimido deve ser ingerido com um copo de água em jejum ou ao menos 1 1/2 hora antes ou duas horas depois do café da manhã e do jantar. Os dados disponíveis não mostraram reações indesejadas pela interrupção do tratamento ou com a redução da dosagem.

Reações adversas

As reações adversas mais comuns foram: cefaléia, 27% e 34% para 50 e 100 mg, respectivamente, e 14% para placebo; diarréia e fezes anormais, 12% e 15% para 50 e 100 mg, respectivamente, e 4% para placebo; dor abdominal, 4% e 5% para 50 e 100 mg, respectivamente, e 1% para placebo; tontura, 9% e 10% para 50 e 100 mg, respectivamente, e 6% para placebo.

Interações medicamentosas

© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa