Publicidade

Publicidade

Publicidade

CEBION 500 MG

Laboratório

Merck S.A. Ind. Químicas

Principio ativo

VITAMINA C

Classe

Vitaminas isoladas

Composição

Cada cápsula contém: Ácido ascórbico (vitamina C) 500 mg. Excipientes: Dióxido de silício, estearato de magnésio, goma-laca, povidona, sacarose e amido de milho.

Apresentação

Cápsulas com microgrânulos de ação prolongada: Embalagem contendo 20 cápsulas.

Indicações

Para rápida correção de estados de carências de vitamina C; como estimulante das defesas orgânicas nas épocas de maior perigo de infecção; para suprir o aumento das necessidades que ocorrem em estados normais (gestação, lactação, atividade desportiva, trabalho intenso) e patológicos (doenças infecciosas e estados febris).

Contra indicações

Litíase urinária oxálica e úrica, insuficiência renal, reconhecida hipersen-sibilidade a qualquer um dos excipientes.

Posologia

Uma cápsula ao dia, de preferência pela manhã. Ingerir a cápsula com um pouco de líquido, sem mastigar. Pacientes idosos: Não existem cuidados ou recomendações especiais referentes ao uso da vitamina C por pacientes idosos.

Reações adversas

As reações adversas, pouco freqüentes e de pequena intensidade, compreendem queixas de perturbações digestivas, principalmente diarréia, pirose, aumento da diurese, náuseas e vômitos. O uso de doses elevadas de vitamina C, por tempo prolongado, pode ocasionar escorbuto de rebote. Em pacientes predispostos, o uso de doses de vitamina C superiores a 1 grama/dia, pode desencadear aparição de litíase oxálica ou úrica.

Interações medicamentosas

A vitamina C pode interferir com os resultados de alguns exames laboratoriais para determinação de glicemia, glicosúria e níveis séricos de transaminases, desidrogenase láctica e bilirrubina. Pode também condicionar resultados falsamente negativos em pesquisas de sangue oculto nas fezes. É necessário interromper o uso de vitamina C antes desses exames.
© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa