Manual de Diálise - 2ª Ed - Capítulo 26 - Hipertensão

Nadine Bazilinski. George Dunea. . A hipertensão é uma causa importante de morbidade e mortalidade que acelera a aterosclerose e precipita complicações relacionadas à pressão, tais como insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral (AVC) e aneurisma dissecante. Em pacientes diabéticos, a hipertensão também contribui para a progressão da retinopatia. A pressão arterial média (PAM) não se correlaciona inversamente com a sobrevida em alguns registros de pacientes de diálise, mas talvez isso ocorra porque a relação entre a pressão arterial e a sobrevida em pacientes de diálise tem o formato da letra U, com uma mortalidade mais elevada também em pacientes com pressão arterial muito baixa, muitos dos quais apresentam doença cardiovascular grave. No registro da European Dialysis Transplant Association (EDTA) (Associação Européia de Transplante e Diálise), a mortalidade em 10 anos foi 30% mais elevada nos pacientes com PAM > 99 mmHg. Em um grupo de pacientes de diálise de Tassin, na França, cuja sobrevida foi curiosamente alta (Charra et al., 1992), a longevidade foi atribuída primariamente ao excelente controle da pressão arterial.. . ....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa